Aconteceu hoje (27) a cerimônia de anúncio dos vencedores do Screen Actors Guild Awards 2013, prêmio entregue pelo Sindicato dos Atores de Hollywood. A seguir, veja a lista completa daqueles que levaram uma estatueta para casa nas categorias de TV. 

Lista de Vencedores: Screen Actors Guild Awards 2013

– Melhor Elenco de Dublês: Game of Thrones

O SAG 2013 começou meio “zoado”. Antes mesmo da cerimônia começar, Scott Bakula revelou o vencedor para melhor elenco de dublês. Nesse caso, Game of Thrones venceu com justiça, já que é uma das séries que mais exige dos dublês nesse aspecto.

– Melhor Ator em Série de Comédia: Alec Baldwin, 30 Rock

Sete anos de 30 Rock. OITO vezes Alec Baldwin venceu esse prêmio. Não, eu não errei nas contas. Desde 2006, Baldwin vence como melhor ator de comédia no SAG. Todo mundo sabe que o ator é muito popular entre os seus iguais, e que todo ano ele vai ganhar. Ainda mais na última temporada da série. É o prêmio mais “eu já sabia” da noite.

– Melhor Atriz em Série de Comédia: Tina Fey, 30 Rock

Tina Fey vencendo é uma surpresa, e ao mesmo tempo, não é. Era mais esperado que Betty White vencesse aqui (já que venceu em 2010 e 2011), mas vale lembrar que quem venceu no ano passado foi Tina Fey. De novo: 30 Rock na sua última temporada, e nada melhor do que dar um reconhecimento à uma das criadoras de uma das mais consagradas séries de comédia dos últimos anos, uma vez que essa mesma série chega ao seu final nessa semana.

– Melhor Elenco em Série de Comédia:
Modern Family

Terceira vitória consecutiva para esse que é o elenco de comédia mais coeso da televisão. O que torna Modern Family uma comédia tão boa não é apenas a história que é ótima, e as situações que aproximam o telespectador da série, mas principalmente um elenco que é ótimo. Prêmio mais que merecido.

– Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme: Julianne Moore, Game Change

Já falamos por diversas vezes no SpinOff TV Series o quanto Julianne Moore foi PERFEITA no papel de Sarah Palin em Game Change. Se você não acredita em nós, saiba que, com o prêmio de hoje, ela venceu todos os principais prêmios possíveis por causa desse papel (Emmy, Golden Globe e SAG). Não é pouca coisa. Todos os méritos para ela são poucos.

– Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme: Kevin Costner, Hatfields & McCoys

Mais um que fechou “a trinca” das principais premiações da temporada. Muitos podem achar que o nome Kevin Costner pesa na escolha. E pesa sim. Mas não podemos ignorar que Hatfields & McCoys foi uma das produções mais vistas na temporada, com um resultado final impecável, e muito disso foi por conta do trabalho de Costner na atuação e produção.

– Prêmio de Conjunto da Obra: Dick Van Dyke

Dick Van Dyke é um dos nomes mais importantes dos primeiros 25 anos da TV e do cinema. Para um ator que cantava, dançava, e tinha um inigualável poder de interpretação para fazer as pessoas rirem, Van Dyke é considerado um dos mais notáveis atores da TV das décadas de 1950, 1960 e 1970. Não só no humor “caricata” (que por muitas vezes não tinha uma fala sequer), mas nas múltiplas performances onde dava tom ao diálogo e ao texto. Vencedor de 5 Emmys, e alguns prêmios Tony, Dick fez sucesso também no cinema, e no final da carreira, em séries dramáticos e filmes de sucesso.

Trabalhos de destaque de Dick Van Dyke: The Dick Van Dyke Show, The Carol Burnett Show, The Morning Show, Murder 101, Mary Poppins, Dick Tracy, The Art of Love.

– Melhor Ator em Série Dramática: Bryan Cranston, Breaking Bad

Acreditem, se quiser, mas essa é a primeira vitória de Bryan Cranston por Walter White no SAG Awards. Mas, de qualquer forma, para aqueles que reclamaram que ele não venceu no Globo de Ouro, aí está. Cranston fez o papel da sua vida em Breaking Bad, e vale lembrar que vai começar a segunda metade da temporada final da série nos Estados Unidos. As chances dele vencer o Emmy 2013 como melhor ator de drama são grandes. Isso, sem falar no filme Argo, onde ele está no elenco.

– Melhor Atriz em Série Dramática: Claire Danes, Homeland

Mais uma que fez a “trinca” dos principais prêmios de sua categoria. Não só isso: ela venceu TODOS OS PRÊMIOS ao qual ela foi indicada por Carrie Mathison até agora. Claire Danes faz de Homeland uma série ainda mais especial do que já é. De novo: ela fez os episódios finais da segunda temporada grávida de oito meses, e ninguém percebeu isso. E com cenas difíceis de serem feitas. Não só isso. Não conseguimos imaginar outra Carrie que não seja ela. É, de novo, favorita ao Emmy desse ano.

– Melhor Elenco em Série Dramática: Downton Abbey

Outro ótimo trabalho, em uma série que está com uma visibilidade excelente. Downton Abbey, que passa na PBS, tem não só uma história com ambientação impecável, mas um elenco excelente, que não só se apoia no nome de Maggie Smith para fazer uma grande série. Todo o entorno explorado por Downton Abbey converge em uma atuação onde todos conseguem se destacar, e o resultado é o que vemos hoje no SAG Awards.