UnREAL_low

A partir de 28 de março, o Brasil acompanhará UnREAL, nova série dramática do Lifetime.

Inspirada no premiado curta-metragem Sequiz Raze, de Sarah Gerttrude Shapiro, ganhadora do SXSW (South by Southwest Film Festival’s), a produção rompe com todos os paradigmas das séries dramáticas da TV. UnREAL aborda a manipulação dos participantes de um reality show, à frente e por trás das câmeras, em busca de mais audiência, sob o lema “gente má faz boa TV”.

Cocriada por Marti Noxon (roteirista de Mad Men, Glee, Buffy, Grey´s Anatomy) e Sarah Gerttude Shapiro (produtora do reality The Bachelor durante seis anos), a série traz como protagonistas Shiri Appleby (Girls) e Constance Zimmer (House of Cards, Entourage).

UnREAL acompanha os bastidores de Everlasting – um famoso reality de namoro, em que um solteiro cobiçado deve encontrar o amor num grupo de mulheres – e mostra o que os produtores são capazes de fazer para o sucesso do programa. A jovem produtora Rachel Goldberg (Shiri Appleby), estimulada por sua inescrupulosa chefe Quinn King (Constance Zimmer, ganhadora do Critic’s Choice Awards de Melhor Atriz Coadjuvante em série Dramática, por seu papel nesta série, em 2016), deixa sua integridade de lado para manipular os participantes e conseguir fortes escândalos, para atrair o público e aumentar a audiência.

Filmada em Vancouver, a primeira temporada de UnREAL traz, em 10 episódios, um olhar revelador sobre o que acontece no escandaloso e manipulador mundo dos realities, em nome da audiência. A segunda temporada da série já está confirmada.

O episódio de estreia, O Regresso, oferece olhar atrás das cenas que rodeiam a produção do programa de competição de namoro Everlasting. Rachel Goldberg deve manipular as relações das concorrentes para conseguir cenas dramáticas e mais escandalosas, como exige a produtora Quinn King. No mundo da televisão improvisada, a concorrência pode ser feroz e a produção é algo fora do comum.