A propaganda é a alma do negócio. Isso, todo mundo sabe. Só que parece que esse provérbio se torna mais forte quando o produto ou serviço envolvido não é lá tão bom assim. Como no exemplo de Running Wilde (Fox). Convenhamos, a série é mais um daqueles enganos que os promos produzem: pegam as melhores piadas e colocam em um tape de 3 minutos para enganar os trouxas, mas quando os 22 minutos da série são exibidos, temos a certeza que aquilo não passa de mais uma série ruim que foi para a TV. A série perde audiência a cada semana, e é uma das novatas que corre o risco de ser cancelada. Mas, se o cancelamento vier, uma coisa podemos dizer: não foi por falta de empenho de Keri Russell (a nossa eterna Felicity). Veja a foto que ela tirou para a Esquire, e diga para nós se a menina não está se empenhando (e muito) para salvar a série.

Fonte