ghostbusters2016

Minha máxima de vida é: ‘não mexa nos clássicos’.

A falta de criatividade na TV e no cinema geram erros absurdos, como o reboot de Caça-Fantasmas (Ghostbusters), que estreia nos cinemas brasileiros no dia 14 de julho. Ver o filme por conta da curiosidade mórbida? Com certeza. Porém, era difícil de imaginar que o projeto já seria odiado por muita gente já no trailer.

O trailer oficial de Caça-Fantasmas já é aquele que mais dislikes recebeu da história do YouTube. Vai além: é um dos 25 vídeos mais odiados de todos os tempos na plataforma de vídeos da Google. E olha que o vídeo tem apenas dois meses de publicação.

Então… por que tanto ódio disseminado na internet?

Mais de 29 milhões de visualizações, 600 mil dislikes e um verdadeiro arsenal de comentários negativos mostram como as pessoas estão bem pouco propensas a sentir qualquer tipo de empatia com o projeto do diretor Paul Feig. Muito desse ódio está relacionado ao machismo: tem muito troll/hater/imbecil na internet achando que a escolha de ter apenas mulheres como protagonistas do filme é um erro… como se mulheres não pudessem caçar fantasmas! Bah…

É, amigos. Muita gente chata e idiota nesse mundo.

Por outro lado, vendo pelo aspecto da ideia em si… será que um reboot de Caça-Fantasmas será tão bom quanto o original? É difícil.

O primeiro filme tem toda uma mística, o ineditismo da época, e um humor que era ácido, mas na medida certa. A empatia que Bill Murray, Dan Aykroyd, Harold Ramis e Ernie Hudson será difícil de ser alcançado pelas populares Melissa McCarthy, Kristen Wiig, Kate McKinnon e Leslie Jones. Ah, sim, tem o Chris Hemsworh como colírio dos olhos para as mulheres.

É importante separar as coisas. Odiar Caça-Fantasmas só porque tem mulheres como protagonistas é um gesto bem imbecil. Não gostar do filme porque ele é fraco, tem roteiro ruim, piadas infelizes e situações que não fazem o menor sentido (e isso só poderemos concluir depois de ver o filme), até pode ser aceitável.

E, antes que você me pergunte… o vídeo mais odiado da história do YouTube ainda é o da música ‘Baby’, de Justin Bieber.

Trailer de Caça-Fantasmas a seguir.

 

Via YouTube