joker-suicide-squad

Um usuário do Reddit chamado BlackPanther2016, em conjunto com seu irmão, informou vai processar a Warner Bros e a DC Comics sob a acusação de propaganda enganosa no filme Esquadrão Suicida (Suicide Squad).

O filme gera muito barulho, mas não pelo lado positivo. Apesar de ser uma arrecadação monstro, as críticas são muito negativas, e a polêmica está formada. Fãs estão indignados, a ponto de procurarem a Justiça, alegando uma série de omissões de cenas do Coringa (Jared Leto) que foram vistas nos trailers promocionais.

 

O motivo para o processo

BlackPanther 2016 garante que apresentou o seu caso e o mesmo foi “aceito”, e que o processo inicia seu curso no dia 11 de agosto. Ele detalha as cenas que são vistas nos vídeos promocionais, mas que não são vistas no filme.

O fã alega que viajou 300 milhas até Londres (Reino Unido) para ver as cenas específicas explicitamente promovidas, mas que não foram mostradas. Alega que alertou ao cinema local sobre a injustiça, e que queria o seu dinheiro de volta. A resposta? Riram da cara dele.

Agora, ele leva o caso à Justiça. Quer o seu dinheiro de volta pelo trauma e constrangimento sofrido, além das 160 libras em dinheiro do combustível gasto na viagem.

 

Nem tudo o que se vê na propaganda é visto no resultado final

Muitas vezes as propagandas de filmes incluem imagens que não são vistas no cinema, e o próprio diretor de Esquadrão Suicida, David Ayer, reconheceu que removeu muitas cenas, e que a edição poderá ser vista na “versão do diretor” no futuro (em DVD e Blu-ray).

O próprio Jared Leto reconheceu que muitas de suas cenas foram removidas, chegando a afirmar que a Warner Bros. tem material suficiente para fazer um filme solo do Coringa.

Mas… será que o indignado fã tem direito a processar a Warner Bros.? Ou é um exagero movido pela raiva?

Vocês decidem.

 

Via MoviewebReddit