Durou apenas dois episódios. Uma das séries que foi mais elogiada por especialistas, blogs de séries e nós do Spin-Off (não que a gente não se encaixe nos primeiros dois casos), Lone Star não sobreviveu à batalha da audiência nas noites de segunda-feira nos Estados Unidos, e foi oficialmente cancelada pela Fox.

A Fox apostou muito na série, colocando o drama do trambiqueiro texano nas disputadas noite das segundas-feiras, tendo que enfrentar nada mais, nada menos que Dancing With The Stars na ABC, Hawaii Five-O na CBS, e Chuck na NBC (que, bem ou mal, deu mais audiência que Lone Star nas duas noites em que as séries foi ao ar). Na premiere, a série teve apenas 4.1 milhões de telespectadores de média, sendo a audiência mais baixa da Fox naquela noite. O canal deu mais uma chance para a série, o que foi pior: a série deu ontem apenas 3.2 milhões de média. Ela representou uma queda de 60% de audiência, comparado ao ano passado no mesmo período.

A série tinha um argumento que poderia muito bem se encaixar em canais como FX e AMC, e acabou tendo audiência de tais canais, talvez por ser um perfil específico de telespectadores. A crítica norte-americana bateu nesta tecla, porém, o presidente de entretenimento da Fox, Kevin Reilly, confiante, disse que séries como Mad Men só tem baixa audiência porque não são exibidas na Fox, e que não contam com a mesma máquina promocional que os canais abertos contam. Aposit que Vana Medeiros discorda dele frontalmente.

Mas Lone Star pode não estar sozinha na primeira lista de cancelamentos da Fall Season 2010/2011. The Whole Truth (ABC), My Generation (ABC), Outlaw (CBS) e até mesmo The Apprentice (NBC) estão com a corda no pescoço, e podem ter os seus cancelamentos anunciados ao longo desta semana.

Fonte