gong-show

Mais uma da série “a criatividade morreu de vez na TV dos Estados Unidos”. Ou, nesse caso, a ABC aposta com todas as forças no fator nostalgia para obter audiência.

A ABC anunciou que vai resgatar mais um programa de auditório do passado, o The Gong Show. O reboot terá Will Arnett como produtor executivo, e já conta com 10 episódios encomendados.

 

Conceito mais velho do que andar para frente

The Gong Show é um dos conceitos mais antigos da televisão. É um show de calouros no mais direto de sua concepção, onde o candidato apresenta o seu talento para a plateia e um grupo de jurados. Se for aprovado, nada acontece. Se for reprovado, ele é gongado.

No Brasil, o Cassino do Chacrinha (com Abelardo Barbosa na Rede Globo) e o Show de Calouros (com Silvio Santos no SBT) eram os programas que mais se aproximavam desse conceito.

Mas tal formato está amplamente disseminado na TV, só que em alternativas mais ou menos criativas (ou vexatórias) do que a gongada. As franquias Got Talent, X Factor, Idol e The Voice usam o mesmo processo de seleção. Só não tem o gongo como elemento de eliminação do infeliz.

Logo… onde esta a novidade em trazer esse programa de volta, meu povo?

Isso mesmo. Nenhuma.

 

A ABC apostando no fator nostalgia

A ABC soube capitalizar muito bem com as revitalizações de game shows que fizeram muito sucesso no passado, colocando uma interessante alternativa na programação das noites dominicais da sua summer season.

Programas como $100,000 Pyramid, Celebrity Family Feud, Match Game e To Tell The Truth alcançaram audiências excelentes, considerando o período de programação que estamos falando.

Logo, a aposta em The Gong Show não é nenhum absurdo, olhando por esse lado. O canal descobriu que os game shows e programas de variedades são o seu forte. Logo, por que não investir mais nisso?

Aliás, está se criando uma tendência muito interessante na TV norte-americana em inserir programas de variedades durante o verão. A NBC vai pelo mesmo caminho com o Little Big Shots, um inesperado sucesso. Deu tão certo, que o canal do pavão já desenvolve seu spinoff, focado nos vovôs e vovós.