illustrations_-_h_2016

Os canais de TV aberta dos Estados Unidos se aproximamo do momento de salvar ou não determinadas séries. Algumas delas estão ligadas por aparelhos, e podem ser executadas a qualquer momento. Nesse post, mostramos os prós e os contras de dez dessas séries, que podem mesmo chegar ao fim nessa temporada, ou “enganar a morte” e se salvarem por mais um ciclo.

Vale registrar que, originalmente, esse post contava com 11 séries. Mas como a CBS decidiu anunciar que The Good Wife está oficialmente cancelada ontem (7) durante o Super Bowl 50, a lista foi reduzida para dez produções.

 

Castle (ABC)

Pro: Sua última renovação provou que a ABC não sabe quando acabar com esse procedural com audiência mediana.
Contra: Os protagonsitas Nathan Fillion e Stana Katic estão dificultando as negociações para ingressarem em uma nova temporada.

 

The Vampire Diaries (CW)

Pro: O relacionamento entre Julie Plec com o canal é muito bom, o que pode garantir uma nova temporada sem muitos traumas.
Contra: Nina Dobrev saiu na temporada passada, Paul Wesley pretende fazer o mesmo, e a série agora é exibida nas noites de sexta-feira.

 

Bones (Fox)

Pro: O drama de maior duração da história da Fox ainda vende saúde junto a audiência.
Contra: Os protagonistas David Boreanaz e Emily Deschanel estão processando o canal e o estúdio que produz a série, e 12 temporadas parece muito para muita gente.

 

The Mysteries of Laura (NBC)

Pro: Bob Greenblatt (CEO da NBC) quer manter Debra Messing no canal.
Contra: Com uma demo semanal de 1.6, fica abaixo da média dos demais dramas, sem falar que a série não se passa em Chicago.

 

2 Broke Girls (CBS)

Pro: A quinta temporada da sitcom manteve o seu status quo mesmo depois de uma mudança para as noites de quarta-feira, e os contratos do elenco já preveem mais um ano de produção da série.
Contra: A audiência é a mesma da já cancelada Mike & Molly. O cancelamento pode ser uma questão de tempo.

 

New Girl (Fox)

Pro: Ainda é a série com maior audiência do bloco de comédia da Fox.
Contra: Ser “A comédia mais vista da Fox” não quer dizer muita coisa (para um canal cujas comédias possuem audiências ridículas, e até os produtores estão indiferentes sobre uma eventual renovação.

 

Extreme Weight Loss (ABC)

Pro: A ABC mantém o reality há seis temporadas, e pode apostar em pausas maiores entre os ciclos, para manter o programa atrativo para o telespectador.
Contra: A audiência tem mais dificuldades do que qualquer competidor pode encontrar nas rotinas de exercícios a serem executadas no programa.

 

The Amazing Race (CBS)

Pro: Uma edição com os YouTubers pode trazer a audiência jovem para o programa, e o Emmy Awards ainda prestigia o programa (que já ganhou 10 vezes o prêmio de Melhor Reality Competition).
Contra: Depois de 28 temporadas, o programa é exibido nas noites de sexta-feira, o que sempre é um problema.

 

So You Think You Can Dance (Fox)

Pro: Uma versão infantil é planejada para manter a franquia viva.
Contra: 13 temporadas depois e um formato engessado podem resultar no inevitável.

 

The Biggest Loser (NBC)

Pro: Saúde e alimentação formam uma parceria de sucesso, que já dura 17 temporadas
Contra: Realitys como The Voice e America’s Got Talent prosperam, enquanto que o programa de emagrecimento tem números anêmicos.