PLL

Se escolher as melhores séries do ano foi difícil, escolher as piores foi muito mais! Num ano cheio de lixos televisivos, foi ardua a tarefa de filtrar o que foi pior.

PS: Para evitar mimimis futuros, essas são as MINHAS OPINIÕES sobre as piores do ano!

10. The Michael J.Fox Show

Michael J. Fox voltando a TV numa temporada completa de 22 episódios! Teria como isso dar errado? Infelizmente, sim! A volta de MJF aos holofotes como protagonista foi badaladíssima e a NBC apostou forte dando temporada completa mesmo antes da estreia. E acabou que foi um grande tiro no pé, já que as piadas sobre Parkinson e o carisma de Fox não são o suficiente para salvar a série da mediocridade.

9. Super Fun Night

Assim como o 10º lugar, Super Fun Night tinha na sua protagonista sua maior arma, afinal, Rebel Wilson é amada por 11 em cada 10 pessoas nos EUA, mas a verdade é que a série tem roteiro pobre, atuações vergonhosas e é uma das maiores decepções desse ano pra mim.

8. Once Upon a Time in Wonderland

Vou ser breve para citar o porque de estar na lista: Efeitos em CGI vergonhosos, Rainha de Copas toda trabalhada no Botox e péssima atuação e pra fechar o caixão de OUATinW ainda temos o Sayid (de Lost) como o mega evil Jafar e louco pra pegar na cobra… Nada mais a declarar!

7. Revolution

A primeira temporada já havia sido muito criticada, seja pelos protagonistas fracos ou pela história absurda. E se você pensava que não poderia piorar, eles conseguem acabar com sua própria premissa, já que a história que se tratava do mundo pós-blackout acabou descambando totalmente pra um lado sobrenatural. deixando os poucos e valentes espectadores com o pensamento: Pra onde essa naba vai? E com isso ela entra com facilidade pra o rol de nabas do ano.

6. American Idol (Season 12)

A pior temporada da história do Idol foi regada a chuva de Glitter, barracos fakes entre Nikki “Monánge” e Mariah Carey, escolhas equivocadas no repertório dos candidatos e ainda problemas entre o Jimmy Iovine e Randy Jackson quase afundaram de vez, aquele que já foi o show Nº 1 da TV americana. Agora só nos resta esperar que as mudanças feitas pela FOX, na bancada e no formato possa restabelecer e conquistar o público.

5. Pretty Little Liars

Enrolação level extreme + porco no porta-malas + nova A + mais uma temporada de burrices das pirulitas = uma das piores séries no ar atualmente! E o pior? Ainda tem mais uma temporada pelo menos…

4. Ravenswood

O que esperar do spinoff de PLL? Nada! E foi justamente isso com que fomos brindados nesse ano, uma série sem pé nem cabeça e com doses de sobrenatural…Aff! Já deu né!

3. The Following

Alguém me explica como uma das séries com maior potencial do ano, se tornou uma das maiores vergonhas do ano. Quando o material promocional foi lançado parecia que seria um puta thriller, mas eu estava completamente enganado, afinal o que vi foram atuações pobres, roteiro furado, o FBI mais burro do mundo, escola Xavier Para Pequenos Psicopatas e somado a isso ainda temos Kevin Bacon sofrível, sepultando de vez a boa premissa da série.

2. Cult

Uma das coisas mais vergonhosas a estrear na TV nesse ano e cancelada com justiça após 7 episódios, confesso que não sei como chegou tão longe, já que a premissa de uma seita que surge de um programa de sucesso na CW, sim eu disse na CW!!! Ou seja,tudo errado, isso somado aos dois protagonistas sem nenhum carisma e o querido Robert Kneeper tendo seu talento jogado no lixo! Passe longe disso!

1. We Are Men

Uma frase define o porque de ser a pior série do ano: Jerry O’Connell sem camisa (nota do revisor: e de sunga Speedo… isso queimou minhas retinas ao longo do piloto)!!! E tenho dito!