Golden-Globes-Hosts-Tina-and-Amy-Poehler

O Globo de Ouro nunca foi uma premiação de primeiro escalão, ou nunca teve tantos holofotes como os Oscars, o Grammy Awards ou o Emmy Awards. Porém, nos últimos anos, vem recebendo destaque considerável. Só no ano passado, teve 19.7 milhões de telespectadores de olho na NBC, que para repetir o sucesso, garantiu a dupla dinâmica Tina Fey e Amy Poehler, e algumas surpresas.

Como a gente não faz ideia daquilo que os 90 membros votantes da Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood pensam na hora de votar, e apesar da premiação se destacar mais por ser uma espécie de “prévia do Oscar”, podemos ao menos citar algumas coisas que poderemos ver na edição 2014 da premiação, que acontece no dia 12 de janeiro de 2014. A seguir, citaremos os cinco motivos pelos quais você deve assistir o Golden Globes 2014.

1. Tina e Amy estão de volta!
As BFFs da comédia mataram a pau no ano passado, logo, não haviam motivos para a HFPA não convidar a primeira dupla feminina da história para apresentar a edição 2014 dos Golden Globes (e a edição de 2015, também). Fey e Poehler não apenas oferecem uma grande audiência para a NBC, mas também garantiram uma indicação ao Emmy Awards desse ano pelo trabalho, incluindo uma brincadeira com Tarantino que virou um viral nos dias seguintes (“Quentin Tarantino is here, star of all my sexual nigthmares”).

2. A Netflix vai participar da festa
Ao contrário das campanhas contrárias de alguns mais conservadores, a Neflix levou três prêmios Emmy em 2013 (todos para House of Cards). E no Globo de Ouro, a lista de séries elegíveis é maior, pois além de Cards e Arrested Development, a ótima Orange Is the New Black pode ser indicada. Pode de novo fazer história por ser a primeira empresa de internet a ser indicada na premiação da HFPA, podendo brigar lado a lado com séries da TV tradicional. Principalmente nas categorias de comédia, onde Arrested e Orange podem bater de frete com medalhões como Girls (HBO), Modern Family (ABC) e The Big Bang Theory (CBS).

3. Os filmes de comédia podem aliviar o clima
As comédias podem ser destaque do Globo de Ouro 2014. São muitos filmes de comédia lançados em 2013, e muitos deles elegíveis a uma indicação. Até porque temos vários filmes dramáticos considerados “barra pesada”. Sem falar que o mundo nas comédias não são feitas apenas por Will Ferrell. Nesse ano, podemos ter James Gandolfini com indicação póstumas (com Enough Said, ao lado de Julia Louis-Dreyfus) e Martin Scorcesse (com The Wolf of Wall Street).

4. Woody Allen será homenageado com um prêmio Cecil B. DeMille (finalmente!)
Woody Allen é conhecido por ficar distante de qualquer tipo de associação com as premiações, mesmo quando ele tem um filme competitindo. Depois de 23 indicações e quatro vitórias, ele não vai ao Academy Awards – ele foi uma vez em 2002, para apresentar um filme em tributo aos atentados de 11 de setembro de 2001 em Nova York – e raramente visita Los Angeles, onde ele já disse que “a única vantagem cultural (que a cidade oferece) é ser capaz de dar a direação correta no sinal vermelho”. Então, quando a HFPA anunciou em setembro desse ano que ele foi convencido a aceitar o prêmio Cecil B. DeMille, devemos conferir o que Allen tem a dizer. É uma oportunidade muito rara.

5. A promessa de um convidado surpresa
A transmissão do Golden Globe Awards é produzida pela Dick Clark Productions, e já fez barulho quando a edição desse ano conseguiu colocar o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton, apresentou o filme de Steven Sipelberg, Lincoln. O Oscar desse ano fez algo semelhante, convocando a atual primeira dama da nação, Michelle Obama, para anunciar o vencedor da categoria de Melhor Filme. É cedo para dizer, mas eles podem por exemplo colocar personalidades relacionadas aos potenciais indicados para apresentar filmes, como o ex-astronauta para apresentar Gravity, Richard Philips para falar sobre Capitain Phillips, ou até mesmo a filha de Nelson Mandela, Zindzi, para falar sobre Mandela: Long Walk to Freedom.