simpsonsspringfield

Não é difícil perceber por que roteiristas de séries decidiram sediar suas histórias em pequenas cidades. São nas pequenas cidades que estão as melhores histórias (e os mais escabrosos segredos), com uma grande variedade de tramas interessantes e personagens memoráveis. Nesse post especial, vamos mostrar algumas das mais amadas pequenas cidades do mundo das séries. Reais ou fictícias, são lugares que visitamos no passado e no presente, todas as semanas, sem sair de casa.

Stars Hollow, Connecticut (Gilmore Girls)

lukes

A cidade onde a mãe solteira Lorelai Girmore criou a a sua filha adolescente Rory. Entre os principais pontos de interesse, destacamos a casa da família Gilmore, o Luke’s Dinner, o antiquário da Kim (talvez o único de propriedade de coreanos em toda a Nova Inglaterra) e o Independence Inn (depois, Firefly Inn).

Com baixa taxa de criminalidade, ficava estrategicamente próxima às cidades de Boston e Nova York, e foi inspirada na cidade de Washington Depot, Connecticut, que foi onde a criadora de Gilmore Girls, Amy Sherman-Paladino, se sentiu acolhida pelo clima e povo de uma pequena cidade.

A série foi gravada originalmente em um a vila canadense, além de sets nos Estados Unidos não aproveitados de outras séries.

Capeside, Massachusetts (Dawson’s Creek)

capeside

A bucólica comunidade onde nada acontecia. Este era o cenário onde os jovens Dawson, Joey Pacey e Jen viviam as suas vidas, encontros e desencontros. Pontos de interesse? O Capeside High School e o The Icehouse – esse último um dos cenários de alguns dos maiores dramas da série.

Mas apesar de parada, Capeside era um lugar romântico e agradável. Tão romântico que era perfeito para traições, relacionamentos inapropriados entre professores e estudantes, e consumo de drogas ilegais. Kevin Williamson, criador da série, afirmou uma vez que a atmosfera de Capeside é inspirada na pequena cidade costeira de Oriental, Carolina do Norte.

A maior parte da série foi gravada fora da California, utilizando muitas vezes a cidade de Wilmington, Carolina do Norte. As cenas dos personagens na universidade foram gravadas nas dependências da Universidade de Duke.

Twin Peaks, Washington (Twin Peaks)

twin-peaks

Foi onde Laura Palmer morreu. A cidade tinha um clima “noir” (ou soturno, como preferir), e sempre tinha aquela atmosfera de que algo muito ruim aconteceu (e, de fato, aconteceu: uma estudante morreu de forma misteriosa, pombas…), ou que estaria para acontecer de novo a qualquer momento.

Não era um dos melhores lugares para se viver. De qualquer forma, David Lynch, criador de Twin Peaks, afirmou que “qualquer pequena cidade norte-americana pode ser uma Twin Peaks”. Medo.

Twin Peaks utilizou as cidades de North Bend, Fall City, e Snoqualmie, nas região central de Washington, para gravar as suas principais cenas.

Sunnydale, California (Buffy, the Vampire Slayer)

sunnydale600

A pobre Buffy Summers tiha a doce ilusão de escapar dos vampiros em Sunnydale. Porém, aconteceu exatamente o contrário: o colégio onde ela foi estudar nada mais era do que um portal do mundo sobrenatural, onde toda e qualquer espécie de criatura estranha vinha dar uma voltinha na sua cidade. Detalhe: a cidade tinha 12 cemitérios, e 43 igrejas. E mesmo assim, era uma cidade zicada.

Vai viver lá? Ok. Espere uma tradicional e afluente comunidade suburbana. Por outro lado, se prepare para uma infestação de demônios, sem falar em uma cidade destruída pelo menos uma vez. Segundo Joss Whedom, Sunnydale pode ser qualquer cidade pequena do sul da California.

A maioria das cenas da série foram gravadas na cidade de Santa Monica, California.

Smallville, Kansas (Smallville)

smallville_credits

O casal Kent vivia em uma fazenda, na pequena Smallville. Até que um belo dia, uma nave de outro planeta cai nessa fazenda. Dentro, tem um bebê, que recebe o nome Clark. Esse bebê cresce, fica por dez temporadas um adolescente, e no final das contas, produz Hellcats para a CW.

Smallville é uma cidade próspera, que tem mais a oferecer do que um extraterrestre esquisito. Possui um estilo de vida que combina o interior tradicional com um estilo de vida urbano, altamente influenciada pela proximidade geográfica de Metropolis. Por fim, Smallville pode ser qualquer cidade do interior dos Estados Unidos, e isso se reflete claramente nos valores (e principalmente na ingenuidade) de Clark Kent.

Smallville foi produzida no Canadá, e a cidade de Burnaby se transformou em Smallville, assim como algumas locações de Vancouver se transformaram em Metropolis.

Cabot Cove, Maine (Murder, She Wrote)

murder

Uma dos estados mais caipiras dos Estados Unidos foi escolhido para receber a cidade que seria o lar da bem sucedida escritora de best sellers investigativos, Jessica Fletcher. Jessica mantinha uma lista de amigos de longa data em Cabot Cove, e mesmo assim, no lugar de viver os últimos anos de sua vida fazendo fofoca da vida dos outros, decidiu resolver os crimes dessa e de outras cidades. Indo de Los Angeles a Nova York. Ah, e em Cabot Cove (já disse isso).

Cabot Cove é uma cidade rústica, mas com um “surpreendente” elevado índice de assassinatos. De acordo com o jornal New York Times, aproximadamente 2% dos seus moradores tiveram um fim de vida no mínimo violento. Segundo a biografia autorizada da protagonista da série, Angela Lansbury, a cidade fictícia foi inspirada na cidade de Castine. No Maine, é claro.

Assassinato Por Escrito foi produzida de forma prioritária na cidade de Mendicino, California. Uma curiosidade: o casarão que era utilizado para ser a casa de Jessica Fletcher hoje funciona como uma pensão, com pernoite e café da manhã.

Springfield, USA (The Simpsons)

Springfield3

O lar dos Simpsons (Homer, Marge, Bart, Lisa e Maggie) e de todos os demais moradores malucos. É a cidade ficcional mais famosa dos últimos 30 anos, mas não possui uma localização exata no mapa. Alguns afirmam que Springfield fica no estado do Colorado, mas oficialmente (pelos seus criadores), a cidade está localizada em algum lugar entre Missouri e Porto Rico. É claro que isso é uma piada.

Springfield Elementary School, o Kwik-E-Mart, a Taverna do Moe, a usina nuclear local, ou até mesmo a Primeira Igreja de Springfield. Diversões não faltam na cidade. Incluindo a casa dos Simpsons, óbvio. E apesar das escolas serem um lixo, o prefeito ser corrupto, e a população não ser competente o suficiente para ser escolhida sede dos Jogos Olímpicos, Springfield é um lugar decente para se viver. Afinal, qualquer lugar é melhor que Shelbyville, não é mesmo?

Antes que você me pergunte: Matt Groening já confirmou que a cidade é inspirada em Springfield, Oregon.

Bon Temps, Louisiana (True Blood)

merlottes_blur

Bon Temps é a casa da fada Sookie Stackhouse, que vive sua vida dividida entre (não) trabalhar no Merlottess, procurar o motivo da morte dos seus pais, não usar seus poderes, transar com dois vampiros e tentar transar com um lobo (ela não consegue, e vomita em cima dele). Vale lembrar que, se você está desempregado, é só aparecer no Merlotte’s, que é o único bar/restaurante da cidade, e o seu proprietário já ofereceu emprego para quase todo mundo.

A cidade é o lugar perfeito para você ter boas férias no meião dos Estados Unidos. Exceto é claro se você estiver entre os 20 e 30 anos de idade, ter tipo sanguíneo O negativo, e não tiver uma boa dose de atitude mental e física. Caso contrário, você vira a refeição para boa parte da população local. Como vocês bem sabem, a cidade é inspirada na mesma Bon Temps criada por Charlene Harris, que escreveu a série de livros Southern Vampire Mysteries, que é de onde Alan Ball baseou a série.

True Blood usa várias locações da HBO na California (Hawthorne, Long Beach e Pasadena), Louisiana (Clinton, Mansfield e Baton Rouge) e o estúdio da Warner Bros. em Burbank, California.

Inspirado no post da TIME