emmy-women-2

Você se lembra do que aconteceu no dia 15 de janeiro de 2015? Pois bem, vou refrescar sua memória: nesse dia, foram anunciados os indicados ao Oscar 2015. E nas 20 principais indicações nas categorias de atores, não tinha nenhum ator ou atriz da raça negra.

Enquanto o Oscar esnobou os negros, o Emmy Awards 2015 pode fazer história. A Academia de Ciências e Artes Televisivas pode finalmente premiar como Melhor Atriz em Série Dramática uma negra. E candidatas não faltam. Só nesse post, vamos dar ênfase para Taraji P. Henson (Empire) e – na minha opinião a vencedora da categoria esse ano – Viola Davis (How to Get Away With Murder).

Desde a inserção dessa categoria no Emmy Awards em 1953, nenhuma atriz negra levou a estatueta para casa. Mais: duas ou mais atrizes negras JAMAIS foram indicadas como melhor atriz de série dramática no mesmo ano.

De fato, se Kerry Washington (Scandal) conseguir a sua terceira indicação consecutiva – e Henson e Davis não forem surpreendentemente esnobadas pelos votantes – metade dos indicados na categoria de Melhor Atriz em Série Dramática serão de origem afro-americana. Algo sem precedentes na premiação.

Os especialistas acham que tal cenário é 100% possível. No passado, Taraji e Viola foram indicadas ao Oscar, e Kerry é amplamente aclamada pela crítica (e isso desde o filme “O Último Rei da Escócia”). Porém, elas certamente serão indicadas pelos méritos obtidos pelas suas performances na TV.

A única coisa mais definitiva que as suas respectivas performances é como os canais vão promover suas indicações. Esse fator é mais crucial para Henson, que por estar em uma série ‘novelesca’ (Empire), pode sofrer uma certa ‘rejeição’ por parte dos votantes, sem levar em consideração que Cookie é amada/odiada por muitos, e que é ela a responsável por parte do sucesso da série.

A Fox promete promover Empire no Emmy Awards 2015 com força. A série é um fenômeno de audiência, e eles vão lançar mão desse detalhe para mostrar aos votantes o seu valor. A campanha do canal para a série começa em um evento da Academia no dia 12 de março, em Los Angeles, no mesmo dia que teremos a primeira hora do season finale da primeira temporada da série. O evento terá performances musicais ao vivo e seção de perguntas e respostas.

Já a ABC tem um certo cuidado ao receber todas as críticas positivas para a performance de Viola Davis em How to Get Away With Murder. Uma fonte do canal informa que “a série é uma prioridade para eles em muitos níveis, inclusive ganhar os prêmios que ela merece”.

Depois de 15 episódios, a performance de Davis é mais do que suficiente para reforçar a afirmação que ela é a principal candidata a vencer o Emmy Awards 2015 em sua categoria. Sua Annalise coloca todo um juri aos seus pés, por conta de sua profundidade, voz marcante, expressão de força física e psicológica e principalmente pelos movimentos legais altamente questionáveis.

Tais elogios se aplicam para Taraji P. Henson. Ela criou uma personagem única, com um ácido senso de humor e agressividade na medida certa, para falar o que pensa no momento certo. Ao mesmo tempo, Cookie ainda carrega o seu feroz instinto maternal e amor pelo mundo da música. E esses são dois motivos que se alinha e muito com a proposta de Empire.

Por fim, Henson e Davies podem tornar o Emmy Awards 2015 uma premiação histórica. Com as duas séries renovadas para uma segunda temporada – e com índices de audiência elevados -, os votantes certamente entendem que o público ama Cookie e Annalise (ou ao menos ama ver os barracos que as duas armam). E eles serão inteligentes no objetivo de fazer história no evento desse ano.

Assim esperamos.