The Good Wife
Canal: CBS
Gênero: Drama
Temporada: 01
Indicações: 09 (melhor elenco de série dramática, melhor figurino, melhor roteiro, melhor ator convidado de série dramática – para Alan Cumming e Dylon Baker, melhor atriz coadjuvante de série dramática – para Archie Panjabi e Christine Baranski, melhor atriz de série dramática – para Juliana Marguilles, e melhor série dramática).

O melhor drama novo da temporada 2009/2010 foi merecidamente reconhecido pelos membros da academia. The Good Wife surpreendeu positivamente a todos, crítica e público, pelo nível de produção empregado, pela história bem estruturada, um elenco muito bom, personagens interessantes, e uma protagonista que consegue prender o telespectador com o argumento de “quero reconstruir minha vida com dignidade”. Tudo em The Good Wife foi muito redondo para uma primeira temporada, é já desponta como uma das grandes séries da atualidade. E o mais importante: mostra que não é só a TV a cabo que sabe fazer séries de alta qualidade, e que pode ser sim o início de uma nova fase nas séries dramáticas da TV aberta. Que os outros canais peguem o bom exemplo da CBS e o multipliquem nas próximas temporadas.

Deve vencer o Emmy porque…
merece. É uma das grande séries dramáticas de 2010, e é a melhor série drama da TV aberta. Tem um elenco excelente, com atuações notáveis, e performance equilibrada entre os atores. Juliana Marguilles pode repetir os tempos de E.R. e vencer novamente como melhor atriz de drama, sem falar que Christine Baranski vem fortíssima na categoria de atriz coadjuvante.

Pode perder o Emmy porque…
outras séries também merecem. Já é um prêmio The Good Wife ser indicada a tantos prêmios na sua primeira temporada. Logo, o que vencer, será lucro. E derrotar Dexter, Lost, Mad Men e Breaking Bad é uma tarefa dificílima. Será preciso muitos bons olhos dos votantes para que o drama jurídico consiga colher louros nas categorias maiores do Emmy.