Em 2010, tivemos uma grande renovação na categoria de melhor atriz coadjuvante em série de comédia. E o que é melhor: com indicadas que, mesmo no seu primeiro ano, são mais do que fortes candidatas ao trinfo. E somadas às presenças frequentes dos últimos anos, fez dessa uma das categorias mais fortes do Emmy desse ano. Vamos então conhecer estas mulheres incríveis.

Holland Taylor (Evelyn Harper, Two And A Half Men, CBS)

Holland Taylor é mais uma das atrizes de Hollywood que fez uma longa carreira na TV, teatro e cinema, indo muito bem nas três áreas. Com mais de 40 anos de profissão, esteve no cinema em filmes como Alice, A Jóia do Nilo, George, o Rei da Floresta e Pequenos Espiões 2 e 3-D. O teatro é sua grande paixão, e teve atuações destacadas em peças como Moose Murders e Love Letters, e na TV, já esteve em participações nas séries Kojak, All My Children, Perfect Strangers, Assassinato Por Escrito, Saved By The Bell: The College Years, The Naked Truth, Veronica’s Closet, E.R., Ally McBeal, DAG, The Practice, Monk e The L Word.

Deve vencer o Emmy porque… Evelyn Harper é um personagem impagável. É uma das boas coisas que Two And a Half Men tem, e sempre tem destaque, quando aparece na série. Todo ano é uma forte indicada. Está na hora dela vencer.

Pode perder o Emmy porque… a concorrência desse ano é mais pedreira do que nos anos anteriores. Competir com Glee e Modern Family é uma parada complicadíssima. Além disso, a última temporada de Two And a Half Men não ajuda, e uma temporada abaixo da média pode atrapalhar.



Kristen Wiig (vários, Saturday Night Live, NBC)

Kristen Wiig, pra quem não sabe, é a única atriz “veterana” do atual elenco de Saturday Night Live (as outras atrizes contam com menos de 2 anos de casa). Ela se formou em artes na Universidade do Arizona, e foi contratada como artista gráfica para uma clínica de cirurgia plástica, para mostrar aos clientes como seria o resultado após a cirurgia. Não curtia muito esta vida, e se mandou para Los Angeles, para tentar a carreira de atriz. Está no SNL desde 2005, e além dele, esteve em The Cleveland Show, Bored to Death, e estará no filme MacGruber, baseado na paródia de MacGuyver, do próprio SNL.

Deve vencer o Emmy porque… se destacar em um elenco que é predominantemente masculino não é tarefa fácil. Seus personagens no programa já caíram no gosto do telespectador, isso sem contar que sua parceria com Will Forte em MacGruber é imbatível.

Pode perder o Emmy porque… das indicadas, é a mais “fraca” de todas. Coloco entre aspas justamente porque, apesar dela ser muito competente no que faz no SNL, ela pode ser ofuscada pelos demais do elenco. Outras indicadas conseguem atrair mais as atenções em suas performances.

Jane Krakowski (Jenna Marooney, 30 Rock, NBC)

Jane Krakowski é uma figura conhecida dos telespectadores mais novos. Não só por ser voluptuosa, mas também por ser muito divertida e competente. Apareceu para o mundo da TV na ótima Elaine Vassal, em Ally McBeal. No meio do caminho, teve tempo para vencer um Tony Awards, pela sua performance na peca Nine, e um Oliver Awards, pela atuação em Guys And Dolls. Ah, uma coisa que você não sabe: ela esteve em dois filmes que muita gente viu: Férias Frustradas (1983) e Atração Fatal (1987), além de The Flintstones em Viva Rock Vegas. De quebra, é cantora. Bem completa a moça.

Deve vencer o Emmy porque… Jenna Marooney é um dos grandes tons cômicos (todos são, mas coloquei isso pra encher linguiça) de 30 Rock. Já bateu na trave nos últimos anos, e pode ser em 2010 que ela receba o Emmy que está lhe faltando.

Pode perder o Emmy porque… ela deu a falta de sorte de disputar neste ano com uma treinadora de cheerleaders muito jogo duro, uma esposa metida à certinha e uma mamãe latina espontânea. Pela primeira vez nos últimos anos, 30 Rock não é a estrela absoluta do Emmy, dividindo as atenções com outras duas grandes comédias. E isso pode se refletir na indicação de Jane.

Julie Bowen (Claire Dunphy, Modern Family, ABC)

Julie Bowen é outra que é bem conhecida do mundo da TV, e bem conhecida dos fãs de séries. Esteve em Party Of Five, E.R., Dawson’s Creek, Ed, Jake In Progress, Lost, Weeds, Law & Order: Special Victims Unit e Monk, sendo bem mais conhecida pela Denise Bauer que fez em Boston Legal. Uma curiosidade: desde 2006, Julie Bowen é indicada todo ano por suas atuações no Screen Actors Guild Awards.

Deve vencer o Emmy porque… Claire Dunphy foi um dos personagens que mais rapidamente se definiram em Modern Family. Tem credibilidade e a simpatia dos votantes, mesmo que esta seja a sua primeira indicação ao Emmy. Fez algo bem diferente do que vinha fazendo, e se deu bem.

Pode perder o Emmy porque… sua colega de elenco, Sofía Vergara, está indicada na categoria, e foi tão competente quanto ela na concepção do personagem. Isso, sem contar que Jane Lynch vem com muita força nesta categoria e, neste ano, enfrentar qualquer coisa ligada à Glee é osso duro de roer.

Sofía Vergara (Gloria Delgado-Prickett, Modern Family, ABC)

A colombiana Sofía Vergara é a mais desconhecida do grupo para nós, brasileiros. Mas, lá nos Estados Unidos, ela é bem conhecida pelo seu trabalho como modelo, além da sua participação no filme Chasing Papi, primeiro trabalho dela em inglês de destaque. Também esteve em um dos filmes da série Férias Frustradas, e estará no filme dos Smurfs em live action, em 2011. Na TV, teve participações em My Wife And Kids, Hot Properties, Rodney, Entourage, Dirty Sexy Money, Men In Trees e em uma das versões latinas de Desperate Housewives (Amas de Casa Desesperadas). Algo que você não sabe sobre ela: em 1999, ela fez participação em Baywatch.

Deve vencer o Emmy porque…
é uma grata surpresa para todos nós. No começo da série, muitos de nós acreditávamos que Gloria seria apenas a mamãe latina gostosona da série. Foi muito além disso, criando um personagem que é muito inteligente, humana, e divertidíssima. Merece o Emmy pelo crescimento da personagem na temporada.

Pode perder o Emmy porque… sua colega de elenco, Julie Bowen, está indicada nesta categoria. Sem contar nas demais concorrentes, que são fortes. E sempre lembrando que Glee vem com Sue Sylvester, o que significa que é uma indicação tão agressiva quanto a sua personagem. que vamos conhecer agora.

Jane Lynch (Sue Sylvester, Glee, Fox)

Jane Lynch chega aos seus 50 anos com uma ficha de atividades invejável, na vida pessoal e profissional. Se casou em maio deste ano com sua companheira, virou Trending Topics no Twitter, recebeu várias menções e homenagens. Na sua carreira, ela fez filmes como O Fugitivo, Efeito Colateral, O Aviador, O Virgem de 40 Anos, A Balada de Ricky Bobby, A Era do Gelo, Shrek Forever e Julie & Julia. Na TV, participou de séries como Empty Nest, Married… with Children, Party Of Five, The John Larroquette Show, NewsRadio, Cybill, 3rd Rock From The Sun, Caroline In The City, Friaser, Gilmore Girls, The West Wing, Dawson’s Creek, Popular, Boston Public, Arquivo X, Family Guy, Titus, Felicity, Monk, Las Vegas, Arrested Development, Friends, Desperate Housewives, Criminal Minds, Boston Legal, Two And a Half Men, The L Word, Party Down e Reno 911 (e olha que suprimimos um monte de séries importantes… ou seja, ficha enorme).

Deve vencer o Emmy porque… de todas as coisas de Glee, Sue Sylvester é a melhor. É a coadjuvante que teve mais destaque no ano, e Lynch trouxe toda a acidez, raiva e maldade necessárias para que Sue se tornasse notícia em todos os lugares dos Estados Unidos. Muito do sucesso de Glee é devido à treinadora da Cheerios, e isso merece ser reconhecido. É a grande favorita ao Emmy.

Pode perder o Emmy porque… estranhamente, as premiações não foram muito com a cara de Sue Sylvester. Por incrível que pareça, Lynch não venceu nenhum prêmio até agora por Glee, inclusive o prêmio da TCA (ofertado pelos críticos de Hollywood). Apesar da tese de “ela pode faturar o principal, e deixar os outros para os outros”, este é um histórico que preocupa os fãs (e seguidores) da treinadora.