Uma categoria com talentos notadamente reconhecidos, e que historicamente é conhecida por ser uma das mais esperadas (e disputadas) de todo o Emmy Awards, traz, neste ano, um estreante que, em virtude de fazer parte do megahit do ano, pode se tornar um vencedor que atropelou os “figurões” e favoritos habituais. Falemos deles abaixo.



Jim Parsons (Sheldon Cooper, The Big Bang Theory, CBS)

Jim Parsons, tal como Sheldon Cooper, é texano, de Houston. Em 1996, entrou para a Universidade de Houston, na Escola de Teatro e Dança. Depois, foi para a Universidade de San Diego e, de lá, foi para Hollywood. Antes de fazer o ultranerd de The Big Bang Theory, fez participação especial na série Ed, e foi personagem recorrente em Judging Amy. Sheldon também esteve em Family Guy, no episódio Business Guy.

Deve vencer o Emmy porque… é um dos fortes indicados da categoria. Já era favorito a vencer em 2009, mas perdeu para Alec Baldwin. Tem a grande simpatia do público e respeito da crítica, pois venceu o TCA Awards neste ano. Além disso, o episódio onde ele faz o discurso, completamente bêbado e sem calças foi uma das melhores performances de um ator no ano, e mostrou a todos o quão bom ator Jim Parsons é.

Pode perder o Emmy porque… Alec Baldwin foi indicado de novo, e ele sempre é uma ameaça. Larry David trouxe Seinfeld de volta, e podem dar o reconhecimento por isso. E Matthew Morrison tem o apoio de todo o hype que Glee gerou neste ano.



Larry David (Larry David, Curb Your Enthusiasm, HBO)

Larry David é bem mais conhecido como o co-criador e produtor executivo da série Seinfeld, mas o que você não sabe é que ele também é mais um que vem da turma do standup comedy, como a grande maioria dos comediantes atuais. Começou na TV escrevendo e estreando uma série na ABC chamada Fridays. Também foi roteirista durante algum tempo do Saturday Night Live, e é considerado por colegas de profissão 23ro maior comediante de todos os tempos, em uma votação realizada pelo Canal 4 da Grã-Bretanha.

Deve vencer o Emmy porque… a sétima temporada de Curb Your Enthusiasm foi hilária e, de quebra, trouxe de volta o elenco de Seinfeld na tela, atuando juntos. Larry David justificou, literalmente, porque ele mesmo se referia como George Constanza ao falar de Seinfeld, sendo o próprio George nessa temporada. Pode ser reconhecido pelos feitos de uma divertidíssima temporada.

Pode perder o Emmy porque…
por mais que Vana Medeiros não concorde com isso, TV é um negócio que gira muito dinheiro. E, para muitos, uma vitória de Alec Baldwin, Jim Parsons, Steve Carell ou Matthew Morrison dá mais notícia (e atrai mais os telespectadores) do que a vitória de Larry David. Injusto? Sim, mas a vida é assim.

Matthew Morrison (Will Shuester, Glee, Fox)

Matthew Morrison, apesar ter uma boa carreira na Broadway, ele foi praticamente descoberto para a TV em Glee. Participou de peças de teatro dentro e fora da Broadway, com sua participação mais destacada nos palcos no musical Hairspray, além de participações em montagens baseadas em Footloose e no revival de The Rocky Horror Show. Fez participações em séries como Ghost Whisperer, Numb3rs, CSI: Miami e Hack. Já levou o Satellite Awards pelo papel do professor do Glee Club, além de ter sido indicado ao Golden Globe 2010.

Deve vencer o Emmy porque… o fenômeno Glee pode ajudar, e muito. Além disso, dos indicados, Morrison é aquele que apresenta mais de uma habilidade, pois interpreta, canta e dança, o que sempre chama a atenção dos votantes. Tem o apoio do público em virtude da série da Fox.

Pode perder o Emmy porque… para muitos, a indicação é injusta, e foi uma das que mais causou comentários divergentes na época das indicações. Por ser o “novato” da turma é naturalmente o menos favorito a vencer, mas isso se acentua se levarmos em conta as palavras “ator” e “comédia”. Nos dois quesitos, os demais indicados estão à frente de Morrison.

Tony Shalhoub (Adrian Monk, Monk, USA)

Tony Shalhoub é de origem árabe (mas é norte-americano). Bem antes de ser conhecido como o excêntrico detetive, ele fez o simpático Antonio Scarpacci, na ótima sitcom Wings. Já esteve em filmes como MIB: Homens de Preto, Os Impostores, Paulie, Pequenos Espiões, Homens de Preto 2 e Carros. Na TV, esteve nas séries Arquivo X, Fraiser, Ally McBeal e MADtv. Algo que você não sabe: ele empresta voz ao game Fallout: A Post-Nucelar RPG. Já venceu três Emmys e um Golden Globe por Monk.

Deve vencer o Emmy porque… é a temporada de encerramento da série, e é a última chance da academia premiar, de forma merecida, o seu trabalho na série. Poucos personagens na história conseguiram ganhar três Emmys em 8 temporadas, e apresentar um estilo de comédia que agradasse de forma tão especial a crítica e o público.

Pode perder o Emmy porque… para alguns, Monk caiu no esquecimento desde que Jack Donaghy chegou ao mundo da TV. Para alguns, Monk “já deu o que tinha que dar”, e a concorrência que temos na categoria podem fazer que Shalhoub seja um mero coadjuvante na premiação desse ano.



Steve Carell (Michael Scott, The Office, NBC)

Steve Carell é um caso bem peculiar entre os indicados. Antes dele ser “o” Steve Carell que conhecemos, ele começou a gravar um filme, lá em 2000, chamado Pequena Miss Sunshine. O filme era de baixo orçamento, com atores pouco conhecidos (na época, o nome mais conhecido era o de Toni Collette), tanto que levou cinco anos para ser concluído. Neste meio tempo, fez Todo Poderoso, O Âncora, A Feiticeira e O Virgem De 40 anos, e se tornou estrela mundial. Aí, Pequena Miss Sunshine foi concluído e lançado. E, como bom cara que é, ajudou a promover o filme mundialmente, o que ajudou nas indicações que o filme recebeu no Oscar. Também fez Todo Poderoso 2, Agente 86 e Date Night. Na TV, Estreou em The Dana Carvey Show, depois passou por Just Shoot Me, Over The Top, até ser “correspondente” no The Daily Show with Jon Stewart, o que o levou a uma promoção para a Dunder Mifflin, em The Office.

Deve vencer o Emmy porque… é simplesmente a alma da série. Tem um timing de comédia impressionante, e não pode ficar batendo na trave tantos anos para ganhar o Emmy. Além disso, é uma das últimas chances de premiarem Carell pelo ótimo Michael Scott, uma vez que ele já anunciou que a 7a temporada será a última dele na série.

Pode perder o Emmy porque… para alguns, a temporada de The Office foi abaixo das anteriores, e isso pode atrapalhar na hora da votação. Sem falar que derrotar Alec Baldwin é uma missão muito complicada. Mais ainda quando você tem Jim Parsons muito bem e Matthew Morrison sendo ajudado por Glee.

Alec Baldwin (Jack Donaghy, 30 Rock, NBC)

Um dos inúmeros irmãos da família Baldwin conta com carreira bem consolidada na TV, no cinema e no teatro. No cinema, é mais conhecido pelos filmes Beetlejuice, Caçada ao Outubro Vermelho e O Aviador. Além disso, é apresentador de programa de rádio desde 2009, do programa The New York Philharmonic: This Week, onde faz os anúncios de onde a filarmônica de Nova York vai apresentar. Na TV, é conhecido por estar empatado com Steve Martin em número de participações como Host do Saturday Night Live (15), e por participações nas séries Friends, Nip/Tuck, Las Vegas, Wil & Grace e The Simpsons.

Deve vencer o Emmy porque… é sempre o grande favorito, e o vencedor do prêmio nos últimos dois anos. Jack Donaghy é um dos personagens mais premiados da década, nas diversas premiações de atores existentes hoje, e, sem dúvida, é um dos mais divertidos personagens da atualidade.

Pode perder o Emmy porque… a concorrência segue forte, como nos anos anteriores. Adicione isso à lidar com o “Glee Effect”, mais Jim Parsons não sendo mais uma surpresa, mais Steve Carell quase saindo de The Office, mais Larry David trazendo Seinfeld de volta, mais Tony Shalhoub se despedindo de Monk… e você tem algo que possa lhe tirar o sono do dia 28 para o dia 29 de agosto.