Coadjuvantes de séries sempre tem a sua importância, enriquecendo a trama. No caso dos coadjuvantes de série dramática, por muitas vezes, eles se mostram tão eficientes (ou mais) do que os seus personagens principais, roubando a cena em muitos momentos. Em 2010, apesar de termos barbadas na categoria, temos destaques muito interessantes, de séries veteranas e estreantes.

Aaron Paul (Jesse Pinkman, Breaking Bad, AMC)

Uma coisa que você não sabe sobre o ator de 31 anos é que ele já esteve em um clipe do Korn (Thoughtless). Esteve também em filmes como Missão: Impossível III e K-Pax. No mundo das séries, fez participações especiais em The Guardian, CSI, CSI Miami, E.R., Bones e Criminal Minds. É a sua segunda indicação nesta categoria.

Deve vencer o Emmy porque…
é o melhor sidekick possível para Walter White. Teve uma temporada destacada, assim como a série como um todo. Fora que é difícil estar em uma altura de atuação próxima a aquilo que Bryan Cranston faz na série. E ele consegue, de forma proporcional.

Pode perder o Emmy porque… existem favoritos mais destacados na categoria, com atuações mais relevantes nas suas temporadas. Não que ele não tenha sido importante em Breaking Bad, mas é difícil competir com um monstro de fumaça, não é mesmo?

Martin Short (Leonard Winstone, Damages, FX)

Martin Short está muito mais familiarizado com o mundo da comédia do que com o mundo do drama, o que faz com que sua indicação seja mais destacada. Ele já fez parte do elenco de Saturday Night Live, e teve sua própria série, The Martin Short Show. No cinema, esteve em Los Tres Amigos, e Father Of The Bridge. Além disso, tem participações em séries como Arrested Development e Law & Order: SVU.

Deve vencer o Emmy porque… mesmo sendo uma surpresa ele estar em uma série dramática, faz o seu papel com uma competência acima da média. Um dos pontos de destaque da série, chamou a atenção de crítica e público pela sua performance.

Pode perder o Emmy porque… os favoritos são outros. É difícil competir com a cara de triste e sofrido do Michael Emerson. Concorrência esse ano bem complicada.

John Slattery (Roger Sterling, Mad Men, AMC)

Esse tem carreira longa na TV. Já esteve na minissérie da HBO, From the Earth to the Moon, Will & Grace, Judging Amy, Sex and the City, Ed, Jack And Bobby e Desperate Housewives. Para o público mais nerd, Slattery é mais conhecido por ser o pai de Tony Stark em Iron Man 2.

Deve vencer o Emmy porque… seu personagem é de vital importância para a narrativa da história. Mais um que podemos dizer que “só ele poderia ser o parceiro de Donald Draper”, e é um dos mais elogiados personagens da TV na atualidade.

Pode perder o Emmy porque…
tem a concorrência dos indicados de Lost, e isso nunca é bom.

Andre Braugher (Owen, Men Of A Certain Age, TNT)

Andre Braugher é uma cara bem conhecida do mundo da TV e do cinema. Ele já ganhou o Emmy pela série Homicide: Life on the Street, já esteve nos filmes Cidade dos Anjos, Poseidon e Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado. Recentemente, ele pode ser visto em House, M.D., como o psiquiatra de House, e fará a voz de Darkseid no filme de animação Superman/Batman: Apocalypse.

Deve vencer o Emmy porque…
foi uma grande (e grata) surpresa de todos, assim como a série como um todo. A atuação de Andre como Owen conseguiu suplantar a de Ray Romano, o que não foi tarefa fácil, e foi um dos pontos altos da série. Indicação mais do que merecida.

Pode perder o Emmy porque…
vem de uma série estreante, enquanto que outras estão na sua temporada final. Logo, os votantes podem dar preferência para quem está saindo. Mas se torna forte indicado no ano que vem.

Michael Emerson (Benjamin Linus, Lost, ABC)

Michael Emerson, antes de Lost, era mais dedicado ao mundo do ensino de arte, sendo professor de diversos programas de atuação e direção de arte, em Nova York e no Alabama. Depois disso, fez Oscar Wilde na Broadway, até venceu um Emmy em 2001 como ator convidado de drama, pela série The Practice. Depois disso, fez uma participação no filme de terror Saw. E aí, veio Lost, e o resto da história, vocês conhecem.

Deve vencer o Emmy porque… foi um dos personagens mais espetaculares de toda a série. Ben Linus não passou desapercebido por ninguém, e foi um dos responsáveis por alguns dos momentos mais importantes da série. Sua atuação, que era, à princípio, para ser um ator convidado, resultou na vitória do Emmy em 2009.

Pode perder o Emmy porque… Terry O’Quinn está indicado nesta categoria.

Terry O’Quinn (John Locke, Lost, ABC)

Terry O’Quinn estreou na TV em 1980, e desde então, se tornou um especialista em fazer papéis como convidado. Já esteve em filmes como Jovens Demais Para Morrer e The Rocketeer, além de séries como Miami Vice, The Twilight Zone, The West Wing, JAG e Remington Steele. Seu primeiro papel como personagem regular foi na série Millennium, entre 1996 e 1999. E depois veio Lost, e todo mundo sabe o restante da história. É sua terceira indicação ao Emmy, sendo que venceu na categoria em 2007.

Pode vencer o Emmy porque… é, para muitos, o personagem mais interessante da série. John Locke conquistou público e crítica no episódio 04 da primeira temporada, e avançou na história para se tornar antagonista da temporada final, como monstro de fumaça (gostem vocês disso, ou não). A vitória no Emmy seria fechar com chave de ouro a trajetória de um personagem memorável.

Pode perder o Emmy porque… Michael Emerson está indicado nesta categoria.