Dexter

Canal: Showtime
Gênero: Drama
Temporada: 04
Indicações: 07 (melhor elenco de série dramática, melhor direção, melhor edição, melhor mixagem de som, melhor ator convidado de série dramática – para John Lithgow, melhor ator de série dramática – para Michael C. Hall, e melhor série dramática).

Dexter foi além dos limites da razão e da emoção em sua quarta temporada. Antes, a gente torcia pelo serial killer que pegava serial killers, admirava que ele sempre se dava bem, apesar de suas atitudes questionáveis… e isso foi até o ponto em que John Lithgow apareceu no mundo de Dexter Morgan, e fez um Trinity simplesmente impecável. A melhor temporada de uma série que já era muito boa, porém, se colocou no patamar de uma das grandes séries da atualidade.

Deve vencer o Emmy porque… chegou a hora. A temporada foi boa demais para que se passe em branco. Mais ainda o seu final de temporada, que ainda está na cabeça de todos, mesmo quase um ano depois de ter ido ao ar. Michael C. Hall teve sua interpretação implementada com John Lithgow, e ambos merecem vencer. A série em si chegou a um ponto de maturidade que merece o reconhecimento da premiação máxima da TV dos EUA.

Pode perder o Emmy porque… a concorrência é dura. É difícil derrotar Mad Men, que é mais do que aclamada pelo público, Lost em sua temporada final, entre outras. C. Hall tem candidatos duríssimos na categoria de melhor ator, principalmente Bryan Cranston (Breaking Bad). Podem achar que a Showtime “sacaneou”, indicando Lithgow como convidado, e podem premiar outro (nós achamos isso um absurdo, mas pode acontecer).