Adrianne Palicki-shield

Pelo visto, vai. Mas quase não foi.

O spinoff de Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. (ABC) foi anunciado antes da temporada 2014-2015 chegar ao fim, mas quando maio chegou (doravante conhecido como ‘o mês do facão’), o projeto foi oficialmente cancelado. Porém, alguma alma dentro da ABC (quem sabe o próprio Kevin Reilly, CEO do canal) ou da Marvel (que é quem injeta dinheiro nessa p*rr*) decidiu ‘voltar atrás’, e temos de volta ao mundo dos vivos o tal spinoff.

Que agora tem nome: Marvel’s Most Wanted.

A série terá como protagonistas Adrienne Palicki (Bobbi ‘Mockingbird’ Morse) e e Nick Blood (Lance Hunter), ‘casal’ que foi apresentado à audiência da série ao longo da 2ª temporada. Os eventos que darão origem ao spinoff acontecerão ao longo da terceira temporada de SHIELD, e tudo leva a crer que não teremos um ‘backdoor pilot’ dentro da série mãe, mas sim uma sequência de acontecimentos que mostrarão o rumo dos dois para a nova série.

Tal estratégia aumenta as chances do spinoff nascer bem montado, e não como algo que vem ‘do nada’, em um evento isolado, sem qualquer tipo de lógica ou coerência. Criar um arco específico para descolar acontecimentos da série principal para uma série secundária aumentam as chances da audiência de SHIELD acompanhar Most Wanted. Nesse ponto, a estratégia da ABC/Marvel está correta.

Mas… (sempre tem um ‘mas’).

Durante toda a segunda temporada, destacamos que a audiência ‘doméstica’ de Agents of SHIELD está abaixo daquilo que justificaria a uma série do seu porte a ficar no ar. A audiência geral da segunda temporada caiu na estreia de 5.98 milhões para 3.88 milhões. Mas pelo visto, isso não importa para a ABC.

A demo da série ainda é boa (3.0 na primeira temporada, 2.8 na segunda temporada), e sua audiência média dobra quando são adicionados os números dos DVRs. Esses índices são mais que suficientes para que a série seja renovada. E isso porque eu nem citei o fato de que a série é comercializada no mundo todo, o que rende um lucro absurdo para a Marvel. Sem mencionar que a série, de tempos em tempos, cruza o seu universo com a história contada nos cinemas, e isso ajuda a fidelizar o público.

Logo, Marvel’s Most Wanted até que demorou para ter o seu projeto aprovado. Acho que as dúvidas da ABC/Marvel poderiam ser de outros fatores, mas jamais sobre o potencial da série. Talvez muita gente se questione se a dupla Bobbi/Lance podem segurar uma série. Particularmente, acho os personagens bons, e que podem sim render uma boa história.

Mas… quem sabe na Netflix. Na ABC? Missão difícil.