family_guy_back_to_the_pilot_a_l

E The Simpsons não é a única animação da Fox a eliminar de vez um dos seus personagens. Family Guy foi um pouco além disso: eliminou um membro do elenco principal.

Durante o episódio exibido ontem (24) nos Estados Unidos (“Life of Brian”), a série de Seth MacFarlane simplesmente exibiu a morte do membro mais sábio (diferente de inteligente) e sofisticado da família Griffin: o cachorro falante, Brian. Nosso amigo foi atropelado violentamente por um carro, quando ele se preparava para brincar na rua com Stewie.

Aparentemente, os seus ferimentos são muito sérios, e ele não sobreviveu. O vídeo (que você pode ver no final do post) mostra o cão diante da família Griffin em lágrimas, afirmando: “vocês me deram uma vida maravilhosa. Eu amo todos vocês”, antes de falecer.

A morte de Brian acontece depois que a máquina do tempo de Stewie quebra mais uma vez, para não mais ser consertada. Depois disso, é mostrado o emocionante funeral do cachorro, e um mês depois (em um salto no tempo), os Griffins pensam na melhor maneira de seguir em frente, e substituir Brian com um novo cachorro.

Brian e Stewie formam (ou formavam) a dupla mais sólida em Family Guy. Um compreendia o outro, eram cúmplices nas práticas de bullying contra Peter, e se realmente o plot se concretizar, será uma grande baixa para a série.

Vale lembrar que Brian é uma das diversas vozes interpretadas por Seth MacFarlane na série, e que ainda não está muito claro por que ele e os produtores de Family Guy decidiram matar o cachorro. O vídeo de tributo à Brian foi exibido logo após o episódio do último do mundo. E, obviamente, na semana que vem, o mesmo Brian pode estar de volta na série. Afinal de contas, as regras para tempo, vida e morte na maioria das séries de animação são bem diferentes que aquelas aplicadas no mundo real.

 

Via THR