Ah, Hank Moody… ele faz Charlie Harper parecer um santo. Agora, o escritor/viciado em sexo, drogas, baladas, mulheres e mais baladas é (acreditem se quiser) um professor universitário, e além de ter que gerenciar o seu desejo em pegar as suas jovens e provocantes alunas, precisa continuar com sua sina em ser um escritor dito responsável com a editora (e não mais um blogueiro descompromissado, como vimos antes), ser um pai responsável para sua filha adolescente… e continuar com os seus excitantes casos. Afinal, é isso que buscamos nesta aclamada série da Showtime.