eliza-taylor-the-100-season-2-finale-part-1

The 100 ficou para 2016, o que não quer dizer que a CW está desprestigiando a série. Mark Pedowitz, presidente do canal, afirmou hoje (14) no evento de upfronts que não houve outro motivo para tal decisão que a falta de espaço na grade da fall season para encaixar a série.

Com isso, o executivo espera que a longa pausa dê à The 100 a chance de aumentar a sua audiência em função da espera.

“Tivemos que fazer algumas mudanças para encaixar algumas séries. Sentimos que The Vampire Diaries e The Originals formam uma boa combinação nas terças, e precisávamos melhorar a grade das quintas. Também sentimos que o melhor lugar para Crazy Ex-Girlfriend era nas segundas.”, disse Pedowitz.

Sobre a pausa de The 100 até a midseason, Pedowitz disse que ele espera que a série possa finalmente ter o mesmo ‘nível de aclamação que Breaking Bad’ (???). A AMC deixou uma grande pausa entre as temporadas 3 e 4 da série de Walter White, e isso fez com que a audiência aumentasse consideravelmente nas duas últimas temporadas da série.

Pedowitz também afirmou que The 100 é ‘uma das séries favoritas dos clientes da Netflix’, que agora contam com a oportunidade de acompanharem a história nas duas primeiras temporadas pela plataforma. Além disso, a terceira temporada ainda não tem o número de episódios encomendados fechado – ou 13 ou 16 episódios -, mas sabemos que toda a temporada será exibida na sequência, sem pausas.

Por fim, Pedowiz afirmou que “está feliz em ter uma série como The 100 na midseason”.

Via