Se Family Guy (FOX/FX) queria arrasar nesta Comic-Con 2010, ao que tudo indica, eles conseguiram. A fuzarca comeu solta em San Diego, com o criador da série, Seth MacFarlane conduzindo a bagunça. E iniciando a mesma. Para se ter uma ideia, ele abriu o painel cantando, com um tom emblemático que só Stewie Griffin consegue fazer, a canção Down Syndrome Girl (que foi cantada no episódio em que Chris Griffin se interessa por uma colega de escola com Síndrome de Down), que, na verdade, é uma canção claramente para provocar (para não dizer ofender) Sarah Palin.

MacFarlene, após os aplausos, continua fazendo piadas, dizendo que tinha alguma coisa errada ali, e que ele poderia ter feito aquilo melhor. A reação do público parece que motivou MacFarlene e companhia a pensar seriamente na possibilidade de trazer a personagem de volta à série na próxima temporada (apesar dos problemas já existentes com Sarah Palin). Aliás, muito se fala sobre o conteúdo provocativo e ofensivo da série. Patrick Warburton, que faz o policial paraplégico Joe Swanson na animação, diz que “muitas coisas na série realmente não são lá muito cristãs, e eu acho que estamos todos indo para o inferno”.

Depois, foi apresentado um trailer de nove minutos de “It’s a Trap”, que é o próximo fílme-paródia sobre Star Wars que será lançado em DVD. Aliás, este segmento de filmes de Family Guy foi um filão muito lucrativo para a série. O público recebeu bem o vídeo apresentado.

Uma das notícias mais importantes deste painel é que MacFarlene informou que não mais vai produzir filmes-paródia sobre Star Wars. MacFarlene alega que a produção de cada filme acaba saindo muito caro, pois eles querem ser o mais fiel possível ao olhar dos filmes (agora, como a gente não estava lá, não poderemos dizer se ele estava falando sério, ou tirando sarro da cara de todos). Ele também disse que pensam seriamente em fazer filmes-paródia sobre Indiana Jones, mas que este seria um passo a ser executado mais pra frente. Agora, eles querem dar uma pausa nestes filmes.

MacFarlene diz que uma coisa que contribui a produção destas paródias é a liberdade que a LucasFilm dá para a produção de Family Guy. “Só a LucasFilm para permitir que a gente faça o que fazemos com os filmes deles”, diz MacFarlene.

LISTA DE SPOILERS DA PRÓXIMA TEMPORADA:

– Stewie vai parar no Polo Norte, para tentar matar Papai Noel.
– Lois fez um filme pornô no passado. E vamos poder ver isso.
– Brian vira um escritor de livros de auto-ajuda, vende bem, e vai parar no The Real Time With Bill Maher. Teremos uma mistura de live action e animação.
– Meg libera toda a sua ira reprimida pela família (ela já fez isso nesta temporada).
– A season premiere da nona temporada terá 1 hora de duração, e é baseada na obra de Agatha Christie “And Then There Were None”, e personagens serão mortos ao longo do episódio.

Fonte e Fonte