XXx Reativado

 

Não… esse não é o título de um filme pornô, sobre um ator pornô que volta à ativa (se bem que em alguns casos ele tenta insinuar que o protagonista é capaz disso). Bom, antes fosse um filme pornô.

XXx: Reativado é o primeiro grande filme de 2017 que assisto que entra direto na lista dos desprezíveis, de mal gosto e lixo não reciclável. Quero dizer, para mim não serve. Tem gente que vai achar o que vai ver em 1h37 minutos o máximo. Já eu acho tudo um grande lixo de péssimo gosto.

 

O filme começa quando Augustus Eugene Gibbons (Samuel L. Jackson), agente da NSA, supostamente morre com uma queda de satélite. E leva Neymar (que achou que estava falando com Nick Fury). A agência do governo quer saber quem está por trás desse terrível crime, e recruta o hoje aposentado Xander Cage (Vin Diesel) para investigar o caso, com os seus métodos pouco convencionais.

Mas antes do recrutamento, o dispositivo que controla os tais satélites é roubado de dentro da própria agência governamental, mostrando que o sistema de segurança deles é um lixo (e que o roteiro é mais lixo ainda, pois precisa dessa palhaçada para criar um motivo para ter um filme).

Uma vez que Xander é recrutado, temos um festival de clichês de filmes de ação, lutas impecavelmente coreografadas, vários absurdos em tela, várias referências machistas/sexuais, tiros, porradas e bombas.

Tudo isso para oferecer mais um filme de ação que vai aumentar os números da conta bancária de Vin Diesel.

 

 

O que dizer de XXx: Reativado?

Bom, eu nem acho aqui que é uma questão de gosto. Tem algumas coisas que são de péssimo gosto nesse filme.

Uma das cenas sugere que Xander só é capaz de obter as informações que precisa através do apelo sexual (ou da sua capacidade de fazer sexo com varias mulheres ao mesmo tempo).

Veja bem, não quero ser politicamente correto. Mas há uma distância gritante entre a franquia Missão: Impossível (que torna Tom Cruise quase um bilionário) com a franquia XXx.

Tom Cruise faz um agente elegante e sofisticado. Tem sex appeal, mas combina isso com sua inteligência e coragem. Já Xander Cage é um cafetão fortão esperto, mas que apela em vários momentos para a força bruta e sua capacidade sexual.

Além disso, falando especificamente de XXx: Reativado, o filme beira ao tosco. Os problemas se resolvem de forma absurda, mas do tipo “que vergonha do que estou vendo” e não com um “eu não acredito que ele fez isso”, que é o que espero dizer em filmes dentro desse estilo.

O roteiro é raso (também, nem dá pra pedir complexidade nesse filme), com soluções óbvias para os conflitos do filme. A montagem do mesmo é mal feita, faltando ritmo ao enredo proposto. Até a sequência final do filme fica comprometida por conta de problemas na produção e na montagem.

Uma das coisas boas do filme é que ele tem boas cenas de ação. Bem coreografadas (até demais, ficando um pouco cafona em alguns momentos), com várias explosões e muitos tiroteios. Quem gosta desse gênero de filme vai sair satisfeito nesse aspecto.

Porem, é um problema bem sério quando vemos Nina Dobrev e até o Neymar com atuações melhores do que Toni Collette, que como grande vilã do filme está absurdamente clichê e brega.

 

 

Em resumo: XXx: Reativado só serve mesmo para engordar ainda mais a conta bancária do ganancioso Vin Diesel, que não satisfeito com os lucros obtidos com a franquia Velozes e Furiosos, traz de volta o agente secreto/ator pornô.

De novo: só serve para quem curte os filmes de ação onde o cérebro precisa ser completamente desligado. E, ainda assim, as chances de você achar o filme uma porcaria são consideráveis.

Até porque é uma das grandes porcarias em cartaz no cinema no começo de 2017.