Mohamed Sanu

Depois de meses de negociações envolvendo os quatro grandes canais abertos norte-americanos, a NFL fechou o acordo com a CBS, que passa a exibir os jogos das noites de quinta-feira do campeonato de futebol americano a partir da próxima temporada (2014-2015).

A CBS passa a ter o direito dos oito jogos da primeira metade da temporada, entre as semanas 2 (12/09/2014) e 15 (12/12/2014), que serão exibidos simultaneamente com o canal NFL Network, que também exibirá os oito últimos jogos. No total , 14 jogos da próxima temporada da NFL acontecem nas quintas-feiras, mais dois jogos que acontecerão aos sábados.

O comissário da NFL, Roger Goodell, afirma que o objetivo do acordo trazer os jogos de quinta-feira a noite para um maior número de torcedores, para uma promoção e visibilidade desses jogos ainda maior. Já o CEO da CBS, Leslie Moonves, afirma que está satisfeito em construir uma parceria mais sólida com a NFL, oferecendo um conteúdo “premium” como a NFL.

Tudo lindo, certo? Nem tanto.

A CBS vai seguir dominando a audiência nas noites de quinta-feira, algo que já acontece hoje. O problema é justamente esse: a grade de programação do canal nesse dia é hoje a mais forte de toda a semana, principalmente pelo fato de contar com a comédia mais vista dos Estados Unidos: The Big Bang Theory. Tudo bem, a NFL vai dar até mais audiência (aposto em mais de 20 milhões, com facilidade). Mas… o que fazer com a comédia dos nerds?

Mais: o que fazer com as demais comédias? Sim, pois The Millers é a melhor comédia estreante da temporada em audiência, The Crazy Ones ainda não esboça o cancelamento, e Two And a Half Men, por motivos que desconheço, segue firme e forte depois de 11 temporadas. Talvez a mais ameaçada aqui é Elementary e, mesmo assim, pode ser alocada em algum lugar.

A CBS ainda não se pronunciou sobre o assunto, mas é seguro dizer que as mudanças serão sensíveis em toda a grade da CBS. Tudo indica que The Big Bang Theory e as demais serão realocadas para outras datas. Mas… cancelar o quê na CBS? A maioria das séries do canal tem audiências boas.

E podemos dizer que as mudanças também serão sensíveis nos demais canais. Até porque todo mundo vai sofrer um bocado por contar com uma concorrência do porte do futebol americano.

Se eu sou o Bob Greenblatt, acabava com o bloco de comédias da NBC hoje, e programava reprises de Friends. Só para a surra não ser tão feia a partir de setembro.

Via