Breaking-Bad-Series-Finale-Aaron-Paul-as-Jesse-Pinkman-8

Se você é um dos muitos fãs de Breaking Bad (AMC) que ficou desesperado para saber o que realmente aconteceu com Jesse Pinkman (Aaron Paul) depois do final de série, saiba que o próprio criador da série, Vince Gilligan, também está tão curioso quanto você e eu.

Em recente entrevista para o site GQ.com, a mente por trás do drama do canal AMC falou sobre o assunto. “Meu feeling pessoal é de que ele seguiu em frente”, disse Vince. A última vez que vimos Jesse, ele se recusou a matar o seu mentor, Walter White (Bryan Cranston), entrou em um carro e saiu em disparada, deixando para trás o laboratório clandestino de metanfetamina, local onde ele foi mantido preso por um bom tempo. Jesse chorava, gargalhava… se sentia finalmente livre.

Livre… mas (talvez) não por muito tempo, na opinião de Gilligan:

A coisa mais interessante – e negativa, nesse caso – é que eles (a polícia, que invadiu o laboratório logo após a morte de Walter) encontraria as impressões digitais de Jesse em todo o laboratório, e eles poderiam encontrá-lo em um dia, uma semana ou um mês. E ele ainda estaria envolvido no assassinato de dois agentes federais.

Mesmo assim, Gilligan lembra que, se Walter pode ficar escondido em uma cabana em um local perdido em New Hampshire por quase um ano, o que nos impede de pensar que Jesse não faria algo parecido?

Embora uma hipotética prisão de Jesse fosse considerado “o cenário mais provável”, Gilligan tem uma visão mais otimista sobre o fim do pupilo de Walt. “Da forma como eu vejo, ele seguiu em frente, e foi para o Alasca, mudou seu nome, e tem uma nova vida. Você deseja isso para aquele garoto. Ele merece”, concluiu o criador da série.

Via