141010nielsen-logo1

Errar é humano. Porém, só piora quando o erro é de software, e o ser humano não percebe que ele existe. É o que temos aqui nessa ‘pequena confusão’ provocada pelo Nielsen Ratings, um dos institutos que medem a audiência qualificada da TV dos Estados Unidos.

Nesse final de semana, eles emitiram um comunicado admitindo que, depois de detectadas algumas irregularidades nos índices de audiência de algumas estreias da fall season 2014, eles encontraram uma falha técnica no software que ajuda a contabilizar os dados de audiência, que vem impactando nos números emitidos por eles. Detalhe: essa falha de software vem alterando os números de audiência desde março de 2014 (se é no Brasil que acontece isso…).

De acordo com a Nielsen, a falha técnica começou a entrar em ação em 02 de março de 2014, após uma atualização do seu software. Essa versão contava com um bug que gerava um aumento imperceptível de audiência em alguns programas dos principais canais abertos dos EUA (ABC, NBC, Fox, CBS e a café com leite CW) e nos programas de syndication. Segundo o comunicado, os canais pagos da TV a cabo e canais regionais não foram afetadas pela falha.

Na última terça-feira (07), a falha foi corrigida com mais uma atualização desse software. A Nielsen decidiu que vai republicar os índices de audiência coletados a partir do dia 22 de setembro (que foi quando a fall season 2014 oficialmente começou) no dia 17 de outubro, e todos os dados coletados entre os dias 18 de agosto e 21 de setembro serão recompilados e publicados no dia 31 de outubro. A Nielsen alerta que, na grande maioria dos casos, o impacto na análise de audiência será mínimo.

Ou seja, por conta de uma falha de um programa de computador, o meu trabalho na seção ‘Audiência nos EUA’ não valeu lá de muita coisa desde março e 2014. Imaginem como eu estou ‘feliz’ com tudo isso…

+info