Beyonce, Jay-Z

Por conta do Grammy Awards 2014, pouca coisa aconteceu na noite de ontem (26) na TV norte-americana. E foi justamente a premiação musical que deu a vitória para a CBS no domingo.

O Grammy Awards de ontem conseguiu uma audiência total de 28.5 milhões, com uma demo 18-49 anos de 10.1. Os números são muito similares aos índices alcançados pela premiação do ano passado (28.4 mi/10.1), mas muito abaixo da edição 2012 (40 mi/14.1). Em compensação, vale a pena lembrar que o Grammy Awards 2012 foi marcado pelo falecimento da cantora Whitney Houston, 24 horas antes da premiação.

Outro ponto de registro: o Grammy Awards é a segunda premiação mais vista dos Estados Unidos, só perdendo para o Academy Awards (ou Oscars). A CBS estendeu o seu acordo com a Academia de Ciências de Gravação em 2011, garantindo o evento no canal até, pelo menos, 2021.

Na NBC, tivemos o Pro Bowl da NFL, o jogo das estrelas entre os melhores jogadores da temporada (ou o popular “Casados contra Solteiros mais caro do mundo”), que aconteceu no Hawaii. Diferente do restante da temporada, ninguém dá muita bola para esse jogo, uma vez que ele não vale absolutamente nada. Resultado: 9.3 milhões de audiência total, e demo 18-49 de 3.2. Perdeu apenas um décimo em relação ao mesmo jogo em 2013.

A ABC exibiu um episódio especial de The Bachelor (o casamento entre Sean e Catherine), que ficou com uma audiência de 6.1 milhões, e demo de 1.6 (+56% e +60%, em relação ao último casamento do programa, exibido em dezembro de 2012).

Por fim, na Fox, todo o bloco de animação perdeu, pelo menos, 1 milhão em média de audiência geral (3 milhões na média da noite), e todas as séries perderam pelo menos meio décimo na demo 18-49 anos.

Mas eles não estão dando a mínima para os números de ontem. Afinal de contas, no próximo domingo, a Fox vai exibir o Super Bowl.

Via