Novamente vamos começar a listar o que ocorre na audiência dos Estados Unidos, mostrando o termômetro do norte-americano em relação às suas séries. É uma forma de saber se nossa série preferida vai bem, ou se podemos começar as despedidas, pois o cancelamento pode ser iminente.

Começando pela CBS que continua dominando com sua dobradinha de sucesso, de NCS (19,4 milhões de média) e NCIS: Los Angeles (16 milhões). Isso acabou se refletindo em The Good Wife (12,2 milhões), garantindo à CBS o primeiro lugar durante todo o horário nobre de ontem. Na ABC, No Ordinary Family registrou mais uma queda, tendo ontem 7,4 milhões de média. Dancing With The Stars (results show), como podem notar, perdeu para NCIS: LA, com 15,5 milhões, com queda de 8%, enquanto que Detroit 1-8-7 continua sobrevivendo, com um leve aumento na audiência, registrando 7,9 milhões de média.

Já a NBC foi ontem de Biggest Loser, que registrou 7,1 milhões. O problema não está nessa, e sim, em Parenthood, que registrou 4,9 milhões de média, caindo um pouco mais. Sinal amarelo cada vez mais forte na família Braverman. Já na Fox, o destaque da semana não é para o aumento de audiência de Glee e Raising Hope, mesmo porque Glee é uma realidade, e Raising Hope, ao que tudo indica, se estabilizou. O destaque (negativo) vai para Running Wilde que, mesmo com Will Arnett defendendo a série com firmeza no Twitter e Keri Russell posando quase nua para capa de revista, registrou apenas 3 milhões de média, perdendo mais 21% de sua audiência. Essa está pra ser cancelada mesmo, e dificilmente vai ser salva.

Por fim, na CW, One Tree Hill, com 1,9 milhões, e Life Unexpected, com 1,5 milhões, continuam com audiência estável.

Voltamos amanhã com os resultados da audiência de hoje.

Fonte