amazon-com-logo

A Amazon anuncia que vai dobrar o seus investimentos em vídeo, triplicando o dinheiro destinado às séries originais. O objetivo? Bater de frente com a Netflix.

Quem informou a decisão foi Brian Olavsky, CFO da Amazon. A empresa vai aumentar substancialmente seus gastos na criação de conteúdo original até o final de 2016. Os valores não foram revelados.

 

Amazon vai dobrar os seus investimentos em vídeo

Nos seus últimos resultados financeiros, a Amazon revelou que investiu US$ 3.8 bilhões no segmento “tecnologia e conteúdos”, o que pode ser interpretado como todos os gastos relacionados com a produção de conteúdo original. O único valor claro relativo aos gastos nesse setor são os US$ 1.3 bilhão gastos no Prime Instant Video em 2014. Além disso, nenhum número mostra quanto desse montante é destinado à produção de séries originais, o que não deixa muitas bases de comparação com a Netflix.

Por outro lado, a Netflix informou recentemente que vai investir quase US$ 6 bilhões em conteúdo, mas sem especificar qual o montante para as produções originais. O site especializado em investimentos Money Fool estima que a empresa só investiu 10% de seu orçamento na produção de séries originais, com essa porcentagem aumentando consideravelmente. Mas longe dos 50% que eles aspiram para os próximos anos.

A Netflix não revela números, mas o Money Fool prevê que em 2016 esse investimento em séries originais pode alcançar os 20%, com gastos oscilando na faixa dos US$ 1.3 bilhão para séries e filmes durante este ano. Não é pouco: é quase no mesmo nível de uma HBO (US$ 2 bilhões estimados, US$ 1 bilhão para séries originais).

A Netflix consegue se equiparar com uma HBO nos gastos de produção original enquanto que outros canais como Showtime seguem abaixo disso (US$ 700 milhões anuais). A Amazon quer ser grande, mas vamos esperar por números mais concretos para ver se faz investimento de canal grande.

Via Business Insider