É, amigo… vamos torcer para que esta cena acima não aconteça na sua casa, mas que as chances são enormes este ano, não temos dúvidas. Oficialmente, a Fall Season 2010/2011 das séries norte-americanas começou no início de setembro, mas foram poucas estreias/retornos: Sons Of Anarchy, Nikita, Hellcats, 90210, Gossip Girl, Outlaw, Parenthood, Lost Girl… isso para falar algumas. E, convenhamos, estava dando para acompanhar de forma bem tranquila. Mas, a partir de hoje, a coisa muda, e drasticamente. Literalmente, você não vai mais sair de frente da telinha (ou até vai, pois você precisa de água, comida e sexo periodicamente).

Uma pergunta que meu colega André Zuil lançou na edição anterior do Spin-Off Podcast se faz muito pertinente: por que diabos os canais norte-americanos resolvem lançar todas as suas séries na mesma semana? Isso, caros amigos, se chama concorrência. Eu ainda não encontrei nenhuma explicação cultural, religiosa ou econômica para que, na terceira (ou quarta) semana de setembro, a TV dos EUA é inundada com uma série de lançamentos e retornos de séries.

Logo, a única explicação que encontro é a boa e velha competição que existe entre os canais. E nessa, imaginamos como que os americanos fazem para ver tudo. E a resposta é: eles não fazem; o TiVO faz por eles. Eu confesso que é humanamente impossível que alguém veja tudo o que está passando na TV. Aliás, nem alguns dos brasileiros mais viciados em séries consegue ver tudo (mesmo porque não é tudo que caia no gosto de alguma pessoa), por isso, há um processo de seleção natural do que vamos ver nestas primeira semanas.

É mais do que natural que coloquemos nossas séries preferidas no começo da fila de nossas prioridades. Afinal de contas, alguns de nós quase que dedicam a vida para acompanhar semanalmente as histórias reportadas na tela. Mas sempre vamos ter algumas coisas que vamos querer ver, mas que vamos deixar para trás. Eu mesmo, só completei a primeira temporada de The Good Wife recentemente, pois apesar de gostar da série, não estava na minha “lista de prioridades”.

E isso é até bom, porque sempre vamos ter alguma coisa “inédita” para se ver durante a Mid Season. Se bem que, nos últimos anos, percebemos um aumento considerável de séries de meia temporada no verão norte-americano, o que deixa a nossa vida ainda mais complicada. Mas, de qualquer modo, sempre temos alternativas que podem nos ajudar a enfrentar esta inundação de séries.

Para quem está nos EUA, o TiVO é o seu melhor amigo. A possibilidade de gravar a programação de forma simultânea, pulando os comerciais, é mais do que uma mão na roda. No Brasil, algumas pessoas contam com serviço semelhante, através de set-top boxes oferecidos pelas operadoras de TV por assinatura. Nesta temporada, em especial, vai valer a pena usar deste recurso, uma vez que canais como o Sony Entertainment Television prometeram a exibição de suas séries com apenas uma semana de intervalo para os Estados Unidos.

O que, cá pra nós, é um tempo bem razoável. Caso isso não se faça possível (porque não é todo mundo que tem grana pra isso), use uma HD com boa capacidade e manda ver nas visitas aos Estados Unidos. Mesmo que você não assista a série de imediato, vale a pena já fazer o download, para não se perder na contagem de episódios, nem ter que sair correndo atrás dos arquivos meses depois. Outra coisa que você pode fazer é comprar um pequeno Media Center, ou um aparelho que reproduza arquivos em .RMVB e .AVI (com legendas) diretamente na sua TV, via pendrive ou via HD externo.

Eu mesmo fiz isso e aumentei consideravelmente o meu gosto em ver séries. Afinal, nada como ver a sua série na comodidade do sofá de sua sala, ou na cama do seu quarto, sem precisar ocupar o computador para isso. Clique aqui e veja o review que fiz do meu pequeno e modesto media center (é apenas um modelo, existem vários que você pode comprar na internet).

Outra coisa: nada de desespero por causa do episódio de sua série preferida. O tempo de ficar de chilique no Twitter por causa do torrent/legenda de Lost acabou (graças ao bom Deus), logo, é hora de você aproveitar o que o mundo das séries pode te oferecer de novidade. Tudo bem, nem tudo o que está estreando chama a atenção, mas, ao menos, use estas primeiras semanas para você conhecer as novas séries. Quem sabe alguma caia no seu gosto, não é mesmo?

E o mais importante: acredite, existe mundo lá fora. Você precisa continuar a trabalhar para pagar a sua conta de internet, de luz e de TV a cabo para continuar com o seu vício em séries. Deu tempo de ver, beleza. Não deu tempo? Sem desespero. As séries que esperem você.

Mesmo porque, por mais que seja legal pra caramba acompanhar a saga de vampiros que disputam o amor de uma jovem chata do interior dos EUA, sempre vale a pena ir a um teatro, ao cinema, ao shopping, conversar com amigos, namorar a esposa (ou a namorada, ou a amante, vai saber…) e depois voltar para o mundo das séries. E, se não der tempo mesmo, ao menos ouça o nosso podcast, para ver se vale a pena ver a série ou não (e torne seu mundo bem mais prático).

De qualquer modo, eu desejo boa Fall Season para todos nós. Esperamos que, a cada vez que a gente vier aqui no blog para escrever sobre as séries nesta temporada, que seja para falar coisas boas e construtivas. Que as novas séries nos surpreendam (positivamente), e que as séries que vão retornar nos tragam uma plena satisfação no reencontro. E que possamos ter uma grande temporada de séries, com ótimos podcasts para todos nós. E com séries fantásticas.

Exceto é claro The Cape. Esta está condenada logo de cara.