Game of Thrones

ATENÇÃO: o post a seguir contém spoilers sobre o segundo episódio da sétima temporada de Game of Thrones. Continue a leitura por sua conta e risco.

 

 

O segundo episódio da sétima temporada de Game of Thrones (HBO) ficou marcado pela doença de Jorah e pelo desejo de Khaleesi em conquistar os sete reinos.

A trama bate recordes de audiência, e sem surpresas. Sua trama está cada vez mais forte, e os plots dos personagens finalmente se cruzam mais naturalmente.

Jorah adquiriu uma doença dos homens de pedra. Sem muitas chances de sobreviver, ele decide enviar uma carta de despedida para Khaleesi.

O cavaleiro confessa que não há muito o que se possa fazer por ele, e decide declarar seu amor pela princesa, algo que se faz presente desde o primeiro momento que ele a viu.

A HBO decidiu mostrar a carta que Jorah enviou para a sua amada.

 

 

O texto diz o seguinte:

“Eu vim para a Citadela com esperança que os masters me tratassem, como assim ordenaste. Mesmo com a sua mestria, estou num estado para além da cura, na verdade, mais próximo da sepultura. Tive uma vida mais longa do que merecia, e o meu único desejo era viver para ver o mundo que irás criar, estando a teu lado. Eu amo-te desde o momento em que te conheci.”

A morte de Jorah ainda não é certa. Samwell Tarly, amigo de Jon Snow que está na Citadela para aprender formas de derrotar os White Walkers, acredita que ainda existe uma solução para esse problema, a ponto de realizar uma cirurgia no cavaleiro, na esperança de erradicar a doença.

Game of Thrones está criando bem o seu “monstro da expectativa” à medida que os White Walkers se aproxima, e a guerra entre Daenerys e Cersei Lannister ganha forma.