séries em 2016

 

Para você, que fica reclamando que não comentei sobre a série que você achou o máximo, ou que reclamou que não escrevi resenhas sobre o piloto daquela nova série alucinante, veja isso.

O FX fez um levantamento sobre o número de estreias de séries roteirizadas em 2016, e comprovou algumas tendências que nós do SpinOff falamos há anos: é IMPOSSÍVEL assistir tudo o que passa na TV nesse momento!

Simples assim!

Em 2016, foi registrado um aumento de 8% em relação ao número de séries exibidas na programação, somando todas as plataformas (TV aberta, canais básicos da TV paga, canais premium da TV paga e serviços de streaming).

Temos então um novo recorde de 455 séries roteirizadas em exibição, somando todas as plataformas.

 

Um salto nos serviços de streaming

 

Entre 2015 e 2016, o grande salto no volume de produções veio dos serviços de streaming, que basicamente dobrou o número de séries em exibição. Em movimento contrário, todas as demais plataformas ou estabilizaram seus números ou registraram leves quedas. Ou seja, era para esse número ser ainda maior.

Além disso, os canais básicos da TV paga norte-americana ainda são responsáveis pelo maior número de produções, onde canais que nunca produziram séries na vida passaram a entregar histórias roteirizadas.

Aliás, é curioso ver como a TV aberta registrou um movimento de queda no número de produções entre os anos de 2009 e 2011, temporadas onde muitas séries de grande sucesso estrearam e se estabilizaram nas grades de programação.

Ao mesmo tempo, nesses mesmos anos as séries das plataformas online começaram a aparecer, onde principalmente a Netflix se aventurou nessa iniciativa. Como podemos ver, hoje essa aposta se paga e muito bem.

 

Por isso, meus amigos… não reclamem quando eu não escrevo uma linha sequer sobre uma determinada série que você adorou assistir.

Eu não sou pago para fazer o SpinOff. Faço porque gosto do mundo da TV e do entretenimento. Se o blog fosse o responsável por manter o rico dinheiro da TV a cabo e da internet, quem sabe.

Mas como isso infelizmente não acontece…. eu vejo aquilo que gosto e quero.

E nem isso consigo ver ultimamente. Como vocês mesmos podem constatar, nenhum ser humano normal consegue ver nem metade dessas séries.

Fato.