zoo

Pois é, amigos… decidi mudar essa coluna de análise de audiência da TV norte-americana, para tornar o post mais dinâmico. Isso é, enquanto a coluna existe.

Como esse é o único post diário e regular desse blog, e sempre um dos mais visitados todos os dias, deixarei esse tipo de postagem sempre da forma mais completa possível, com uma opinião (nem sempre tão simpática) sobre o que pode ser do futuro de sua série na audiência.

A brincadeira ficará mais divertida. Prometo!

 

CBS

Zoo (4.1 mi/0.7) perdeu 9% de audiência geral e um décimo na audiência qualificada, o que faz com que a série registre o seu novo recorde negativo de audiência. Mas esta não é uma notícia tão ruim como parece: a média de audiência da segunda temporada da adaptação da história de James Patterson (4.8 mi/0.8) é melhor do que todos os demais dramas de summer season do canal (BrainDead, com 3.6 mi/0.5, e American Gothic, com 3.2 mi/0.6).

Agora, é preciso levar em consideração que a summer season da CBS é bem meia boca, em vários aspectos. Ser melhor do que duas séries que vão muito mal na audiência ou pode significar que os critérios do canal são absurdamente baixos para renovar uma produção durante o verão, ou que todas serão canceladas para dar espaço para novas séries.

 

NBC

America’s Got Talent (10.2 mi/2.2) registrou a sua menor audiência da temporada, mas facilmente venceu a noite nas duas métricas. Aqui é um terreno seguro do canal do pavão, ainda mais esse ano com Simon Cowell na bancada de jurados.

 

CW

Containment (850 mil/0.3) fechou a sua única temporada repetindo o desempenho do penúltimo episódio. Nasce para ser uma limited series, e assim foi. Estava com cancelamento anunciado desde o mês passado.

 

Fox

Hotel Hell (2.4 mi/0.8) perdeu 24% na geral e 11% na demo (e Gordon Ramsay faz tudo agora na vida, menos cozinhar). Coupled (1.3 mi/0.5) ficou estável.

 

Para não dizer que não falei de política, os três grandes canais abertos dos Estados Unidos (ABC, CBS e NBC) transmitiram a segunda noite da convenção nacional do Partido Republicano (que nomeou Donald Trump a candidato à presidência), com uma audiência geral (acumulada) de 10.1 milhões de telespectadores, com demo 18-49 anos de 2.1, repetindo o desempenho da audiência total da primeira noite.